“O OVNI provocou queimaduras no meu corpo”

Tempo de leitura: 2 min.

Na sexta-feira, 30 de agosto de 1991, por volta das 22h30, em uma noite muito clara, um segurança, Marcos Ibáñez Ibarrola, dirigia seu Renault 4L a caminho da empresa onde trabalhava: SENASA, uma loja de sementes. No meio do caminho, entre as cidades navarranas de Imárcoain e Torres de Elorz (Espanha), na estrada da rua San Sebastián, Marcos observou à sua direita uma espécie de fogo no campo. A princípio, ele presumiu que era algo a ver com restolho queimado, mas de repente um enorme dispositivo que a testemunha descreveu como “uma grande rotatória” saiu das árvores e foi imediatamente se colocando acima do carro. Nesse exato momento o veículo parou.

"O OVNI provocou queimaduras no meu corpo"
Recorte do Diário de Navarra que reporta o estranho encontro.

O guarda estava sozinho no meio de uma estrada estreita e solitária, cercado por campos agrícolas, então o medo tomou conta dele. O dispositivo voador era enorme e em forma de disco, com uma esfera no topo e luzes ao redor. Além disso, na parte inferior estava o que parecia ser uma escotilha que logo se abriu.

Dentro desse tipo de cúpula de vidro, um ser de aparência humanoide pôde ser distinguido.

Uma vez que o carro foi ligado, Marcos Ibáñez foi trabalhar. À chegada, conheceu um casal da Guarda Civil a quem contou a sua experiência. Os agentes lhe disseram que também tinham visto algo estranho voando no céu. Limitaram-se simplesmente a recolher os seus dados pessoais.

No dia seguinte ao ocorrido, nosso protagonista voltou ao local e pôde observar marcas estranhas e um grande círculo queimado no campo. Ele também descobriu que seu veículo havia sido danificado. Em plena luz do dia, ele podia ver amassados ​​e marcas de uma graxa fedorentas no capô e no teto do 4L. Era um tipo de óleo que cheirava muito mal. Dentro de uma semana, o carro pegou fogo sem motivo aparente e ficou completamente inutilizável.

Marcos começou a notar detalhes estranhos como resultado de seu encontro incomum. Por causa de seu trabalho, ele teve que carregar uma arma de serviço, que surpreendentemente estava com o cabo torto. Suas roupas estavam encolhidas, duras.

De acordo com Marcos, quando o OVNI atracou em seu veículo, ele sentiu uma pressão estranha, como se uma brisa estivesse passando por seu corpo. Talvez isso tenha sido a causa de uma espécie de queimaduras vermelhas que apareceram em seu rosto e em algumas partes de seu corpo.

Segundo o médico que o atendeu, essas queimaduras foram resultado da exposição contínua a algum tipo de raio-X. Marcos carregou essas feridas por alguns anos, nos quais teve que aplicar diferentes pomadas e tomar medicamentos.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!