web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Caso de abdução alienígena torna-se batalha entre céticos e os que creem

Tempo de leitura: 2 min.

Nunca foi fácil para aqueles que afirmam ter sido abduzidos por alienígenas de convencer seus amigos e familiares, muito menos persuadir as autoridades a investigarem ou defenderem seu caso no tribunal da opinião pública.

Caso de abdução alienígena torna-se batalha entre céticos e os que creem
Imagem meramente ilustrativa.

Um recente incidente em La Palma, Argentina, está se tornando um caso clássico. Uma mulher desaparecida, que foi encontrada vagando um dia depois a 60 quilômetros de distância, afirma que a última coisa que ela se lembra é de um barulho alto e luzes brilhantes, se apresentou para se identificar e explicar a experiência para a mídia, e é questionada por especialistas em OVNIs.

“’Eu me levantei, bebi dois ou três mates e comecei a ver que o telefone tinha algumas linhas, algo parecido com interferência.

Faltou luz, saí e de lá não me lembro de mais nada. Não vi luz nem nada, só ouvi o vento muito forte e nada mais.’

No dia seguinte ela estava sentada na rua, com as pernas estendidas e os braços sobre as pernas.

‘…Não me lembro quanto tempo fiquei sentada.'”

Irma Rick, a mulher que teria sido abduzida por alienígenas em 16 de novembro, deu uma entrevista ao Canal Crónica TV, relatada pelo Infopico.com e Inexplicata. Conforme observado na cobertura original, Irma também teve um encontro com OVNIs em 2002. As investigações iniciais pelas autoridades mencionaram que ela não estava em condições físicas para ter caminhado tão longe; ela foi encontrada em estado de choque e amnésia, e cães rastreadores misteriosamente perderam seu cheiro muito perto de sua casa.

“’Só conversei sobre isso com meu marido e meus filhos. O que eles vão dizer? Eles estão tão surpresos quanto eu. Eu gostaria de saber o que aconteceu comigo, mas ainda não sei de nada.’

(Irma, você tinha alguma marca no corpo?)

‘Sim, havia algo na cabeça. Isso é tudo o que eu tenho’.”

Irma disse aos repórteres que não tinha explicação para o que aconteceu com ela e nem como conseguiu a marca na cabeça. Os repórteres a questionaram por qualquer evidência concreta de um OVNI ou alienígenas – impressões no solo – e ela não pôde fornecer nenhuma. No final, ela concordou em ser entrevistada por pesquisadores de OVNIs.

Luis Burgos (FAO-ICOU) é um conhecido investigador de OVNIs sul-americano. Embora não tenha entrevistado Imra Rick diretamente, ele revisou seu testemunho e os relatórios. Em seu relatório, ele observa imediatamente que “não há nada além da história da suposta abduzida“. Nenhum investigador de OVNIs checou o local em busca de radiação, eletromagnetismo, marcas, impressões ou outros sinais de uma aterrissagem de OVNIs ou contato alienígena.

Burgos encontrou o testemunho de Irma sobre seu encontro com OVNIs em 2002. Nesse caso, ela relatou ter visto um OVNI acima de seu silo. Mais tarde, a polícia descobriu que “excrementos de pássaros foram queimados no silo e os pombos não param mais lá como antes”.

Novamente, nenhuma investigação ocorreu após o último incidente, mas o que realmente incomodou Burgos foi o celular de Irma. Embora seja estranho que os alienígenas tenham permitido que ele ficasse com ela quando abduzida, o que ele acha realmente estranho é que os investigadores não tiraram dela. A bateria “não foi afetada de forma notável” durante seu desaparecimento e três ligações foram feitas a partir dela. Uma busca no GPS ou na companhia telefônica daria a localização das ligações e o caminho que o celular e Irma tomaram durante seu desaparecimento de 24 horas. Isso tornaria este “um dos casos de OVNIs mais fáceis de resolver”.

Se for esse o caso, por que o telefone não foi inspecionado e o caso resolvido? Esta teria sido a evidência chave se Irma Rick foi abduzida, teve algum tipo de evento médico de falta de memória ou algum outro incidente não alienígena.

A história de abdução alienígena manchou a investigação? Ou a investigação policial foi controlada pelos alienígenas? Neste ponto, qualquer coisa é possível.

O caso de Irma Rick é fácil de duvidar e difícil de provar. Ainda não foi resolvido.

Paul Seaburn

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!