web analytics
Tempo de leitura: 6 min.

Eles são alienígenas alados, e não anjos

Tempo de leitura: 6 min.

Por Cesare Valocchia 

A tradição cristã acostumou-nos ao longo dos séculos a anjos ou criaturas divinas antropomórficas, capazes de feitos admiráveis, de desaparecer e materializar-se em diferentes lugares num piscar de olhos a milhares de quilômetros de distância. Estes seres sempre foram retratados com asas, mas e se, como sempre, essas figuras tidas como lendas fossem na verdade entidades que realmente existiram? Porque você sabe que cada lenda traz consigo uma parte da verdade.

Eles são alienígenas alados, e não anjos

Abaixo estão relatos de seres alados em todos os cantos do mundo ao longo dos séculos:

TOKOLOSHE

Presente na África do Sul, tem a característica de deixar suas vítimas vazias de todo sangue vital, por isso parece ser semelhante a um vampiro.

ASEMAF

Faz parte dos seres alados que sugam sangue, de antiga tradição africana. Possui corpo humano, longas penas na cabeça e grandes asas de cegonha. Entra nas casas à noite pelas janelas abertas e suga cada gota de sangue das vítimas adormecidas, deixando-as completamente drenadas e com a pele ressecada. Segundo algumas tradições populares, durante o dia ele se torna uma pessoa normal para não levantar suspeitas.

LOOGAROO:

Horrível vampiro alado presente no folclore do Daomé, na África e entre as populações negróides do Haiti e de outras ilhas do Caribe; pode ter seguido os escravos sendo transportados à força para o novo continente. Ataca sobretudo crianças e pessoas indefesas, sangrando-as até a morte. Seria uma entidade diabólica, com a qual os feiticeiros locais podem fazer acordos para perseguir os inimigos.

HOMENS-PÁSSARO RECUPERADOS NA RÚSSIA NO SÉCULO XX:

1. Em Buinaksk no Daguestão, em 1961, o corpo de um homem-pássaro foi recuperado e posteriormente enviado a Moscou por departamentos especializados da KGB – Diretoria OTV – técnico-operacional-, sob a controle vigilante da 2ª Direção do KGB – Segurança Interna e Contra-espionagem.

2. Em março de 1969, perto de Sverdlovsk, o corpo de um homem-pássaro foi recuperado e posteriormente enviado a um instituto de patologia em Moscou, onde foi realizada uma autópsia; tudo isso foi filmado e os filmes foram mantidos em arquivos subterrâneos.

O HOMEM PÁSSARO DE OXFORD (Grã-Bretanha)

Em 31 de dezembro de 1973, perto de Oxford, na Inglaterra, Richard H. Watts e Sir Horace Parkes encontraram a múmia pertencente a uma criatura com um corpo menor que 3 pés (= 91,44 cm), com braços e pernas muito curtos e quase atrofiados, rosto enrugado, com medalhão representando estranhos símbolos ao redor do pescoço. Além disso, ele tinha algo semelhante a um par de asas largas, semelhantes às encontradas em libélulas, cuja abertura deve ter atingido quase 90 cm. Segundo o livro de RHWatts, publicado em Nova Iorque em 1978, intitulado “Travels and Bargains”, o corpo desse ser ainda estaria guardado em uma sala do pequeno museu de história natural de Knightobridge, na Inglaterra.

O SER ALADO EM UMA MINA EM LOS ANGELES

O livro “Subterranean Worlds” de Timothy G. Beckley, publicado em 1992, relatou o depoimento coletado pelo nova-iorquino John J. Robinson, que relatou que um anônimo o contatou em março de 1957 e lhe disse que, em 1942, quando tinha 17 anos, ele foi para a casa de um amigo do colégio chamado Fred, perto de uma cidade a noroeste de Los Angeles, para passar as férias de verão lá. Um dia, durante uma excursão a uma mina abandonada que tinha uma reputação sinistra, na entrada, viram na frente deles uma criatura estranha e horrível. De acordo com os dois meninos, ela tinha cerca de um metro e meio de altura, olhos redondos e cabeça encapuzada; também tinha uma espécie de asas dobradas com um peito escamoso. Não tinha pescoço e também tinha uma espécie de cauda de pássaro enorme. Os pés estavam cobertos por estranhas botas pretas. Tal ser, ao aparecer, teria dado um grito semelhante ao dos pássaros. Então, os dois amigos fugiram para casa. Mais tarde, o anônimo saberia, após retornar à sua cidade, que seu amigo Fred havia desaparecido misteriosamente durante uma nova excursão a esta mina enigmática.

OS SERES ALADOS DA RIVIERA FRANCESA, EM NICE E GENOA

Em um raro documento preservado nos arquivos de Nice, intitulado “Homens voadores olharam no distante 1608”, ele conta que em agosto de 1608, após uma forte tempestade com sangue caindo em toda a área da costa de Nice, na Provença, apareceram dois homens no ar, observados por numerosas testemunhas, por cima da ilha de Martegue, a 5 léguas de Marselha. Este fenômeno durou 3 dias. No mesmo período, no mar genovês, seres alados foram observados segurando nas mãos 2 cobras que se enrolavam em seus braços, e lançavam gritos horríveis e assustadores ouvidos por toda a população. Por 800 vezes os genoveses dispararam tiros de canhão para removê-los, mas tudo foi em vão. O referido evento se repetiu novamente no dia 15 de agosto.

OS SERES ALADOS VISADOS EM PELOTAS, ESTADO DO RIO GRANDE (BRASIL)

Por volta das 21h de data não especificada entre 1950 e 1952, dois cônjuges, Indalecio Cesar Leivas e Maria Farias Leivas, durante uma caminhada na praia, no referido município brasileiro, notaram que sobre eles voavam estranhos e grandes seres alados, a uma altura de 10 metros; não batiam as asas e não produziam o menor ruído que pudesse fazer pensar em pássaros. Eles emitiam um zumbido estranho. Eles desceram, deslizando alguns metros para longe deles. Um tinha 2,5 metros de altura e o outro 2 metros. Eles tinham uma cor cinza nos quadris e uma cor mais escura na frente. Eles se agacharam sob uma árvore frondosa. Pouco depois, os dois cônjuges se afastaram.

OS SERES ALADOS DA GRÃ CANÁRIA

O boletim alemão “Ufo nachrichten”, n. 238/9, intitulado “HausHohes Ufo landet auf Gran Canaria”, relatou o pouso de uma grande nave na ilha espanhola de Grã Canária em 22 de julho de 1976. Isto observado de perto por algumas pessoas e de longe por várias centenas. Entre essas testemunhas, o depoimento do Dr. Juliòn Padròn y Leòn que estava a bordo do táxi do Senhor Paco Esteves Garcia que passou a não menos de 70 metros de onde a nave havia pousado. Eram 22h45. Eles se aproximaram cerca de 25 metros. No interior da nave, de forma cilíndrica, coberta por uma cúpula e com diâmetro de 25 m, notaram que a tripulação, ao invés de mãos, possuía algum tipo de asas.

OS SERES ALADOS DE STANFORD, KENTUCKY (EUA)

O Mufon Ufo Journal de janeiro de 1977 relata que em Stanford, Kentucky, 3 garotas teriam sido sequestradas e então soltas, uma delas, Elaine Thomas, disse que esses seres tinham asas, como asas dobradas.

OUTROS SERES ALADOS VISADOS NOS EUA E NA GRÃ-BRETANHA

Em 18 de setembro de 1877, o Sr. W.H. Smith viu um ser alado nos céus de Brooklyn, Nova Iorque. Ele tinha uma aparência humanoide. O “New York Times” de 12.9.1880 relatou o avistamento de um ser alado que de Coney Island, perto do Brooklyn, se dirigia para Nova Jersey. O ser possuía, segundo muitas testemunhas, um corpo peludo, duas asas semelhantes às dos morcegos e pés com dedos estendidos como os de uma rã, de rosto humanoide mas com expressão diabólica.

Em 1922, William C. Lamb, em sua saída para caçar perto de Hubbell, Nebraska, por volta das 5h da quarta-feira, 22 de fevereiro, e depois de ouvir um som agudo e ver um grande objeto escuro passar sobre sua cabeça, ele viu, depois escondido atrás de uma árvore, uma criatura alada que deixou atrás de si pegadas óbvias na neve. Tinha dois metros e meio de altura.

Na terça-feira, 6 de janeiro de 1948, a Sra. Zaikowsky de Chehalis, estado de Washington viu, depois de ouvir um zumbido e chiado, um ser alado pairando sobre seu celeiro a uma altura de cerca de 60 metros. O curioso era que as asas prateadas não batiam quando estavam em voo. O Portland Oregon Journal de 21/1/1948 relatou que o chefe da polícia local, Tom Murray, não levou o avistamento a sério.

Quatro meses depois, sexta-feira 9/4/1948, um trio de criaturas aladas foi visto acima de Longview, estado de Washington.

Em 1948, no estado de Washington, outro ser alado foi avistado por alguns fazendeiros acima de seus celeiros. Em seguida, outro avistamento aconteceu às 2h30 da manhã de quinta-feira, 18 de junho de 1953, em Houston, Texas. As testemunhas do avistamento foram a Sra. Hilda Walker, Judy Meyers e o Sr. Howard Phillips.

Outro avistamento, em 16/11/1963, em Kent, na Inglaterra, perto de Sandling Park, Hyte; a testemunha foi John Flaxton, de 17 anos.

Em 14/11/1966 foi a vez de Salem, na Virgínia Ocidental (EAU). Neste caso um cão pastor alemão foi morto.

SERES ALADOS NA ITÁLIA

Outro episódio importante foi relatado em “La Libertà” de 23/3/1976, que relatou que em 1971 em San Martino, perto de Bobbio, na província de Piacenza, (Itália) o Sr. Pietro Bongiorni, por volta das 19h00 do dia 19 de agosto do referido ano, enquanto atuava como guardião e se encontrava no terraço do Terme di San Martino, viu aproximar-se um ser alado de aparência humana, com barba e pele avermelhada e um cabelo preto espesso e comprido, com cerca de 1,70 m de altura.

O ser alado chegou a uma distância de 5 metros dele, então, voando sobre o terraço, passou por ele, até que desapareceu na escuridão. No entanto, ele teve tempo de chamar de sua família, que também conseguiu observar o ser estranho que estava se mudando.

Este depoimento foi posteriormente apoiado também por outra testemunha ocular, o Sr. Piergiorgi, que mais tarde confirmou que também viu a estranha criatura voadora, acrescentando que o ser tinha um estranho cinto em volta da cintura. Mais tarde, soube-se que outras testemunhas moradoras de Bobbio também teriam visto um estranho ser laranja brilhante – como se estivesse usando uma roupa fluorescente – enquanto tentava coletar algo ao longo da margem do rio próximo e depois voar para longe.

Além disso, no arquivo do Centro Studi Fortiani italiani (SFI) da U. Cordier há outra importante reportagem que aconteceu em 1967, às 7h30 do dia 27 de novembro; aqui falamos de três seres, todos escuros mas brilhantes, que foram vistos no telhado do Palazzo Multedo e, enquanto em fila única, sobrevoavam via Sacco.

Outro testemunho data do verão de 1945, quando a testemunha estava de guarda como soldado no encouraçado Duilio, localizado no porto jônico de Taranto. Uma noite, enquanto pretendia observar o céu com binóculos, ele notou a presença no céu de uma formação em “V” de estranhas figuras humanas. Na verdade, apesar de possuírem traços faciais semelhantes aos humanos, tinham corpos atarracados, todos cobertos de penas, com longos cabelos azul-escuros ou ruivos enferrujados; com duas pernas terminando em três garras; eles não tinham mãos, mas tinham duas asas grandes. O bando permaneceu visível por alguns segundos, então misteriosamente desapareceram como apareceu.

Até agora esses são os testemunhos extraídos das crônicas do passado concernentes à Itália, porém a história deste tipo de caso está presente em todo o mundo, especialmente em jornais dos Estados Unidos. Podemos apenas concluir que a figura do que estou mostrando a seguir é a história pessoal que colhi de uma senhora que omitirei por motivos de privacidade.

“Era 22 de dezembro de 2020. Às 7h08, eu estava em casa no meu quintal e parecia que alguém estava me observando. Eu olhei em volta e não vi ninguém. Eu ainda sentia que estava sendo observada, então olhei para cima e vi uma aeronave brilhante prateada que pensei ser um OVNI. Foi rápido, mas consegui tirar uma foto. Aumentei o zoom e foi isso que capturei. Era do tamanho de um pequeno avião. “

(Fonte)

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

USE O CUPOM OVH10 E GANHE 10% DE DESCONTO!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp