web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Alarme de fumaça dispara na parte russa da Estação Espacial Internacional

Tempo de leitura: 2 min.

Astronautas na Estação Espacial Internacional (ISS) foram acordados por um alarme de fumaça na manhã de quinta-feira, que estava soando na parte russa da estrutura.

Alarme de fumaça dispara na parte russa da Estação Espacial Internacional
ISS com problemas, novamente.

O alarme disparou no módulo Zvezda, que foi adicionado ao ISS em 2000. Soou às 4:55 da manhã, horário de Moscou, de acordo com a agência TASS.

Não está claro o que acionou o alarme de incêndio. De acordo com a agência de notícias russa RIA Novosti, o cosmonauta Oleg Novitsky disse ao controle da missão que a tripulação sentiu cheiro de fumaça e Thomas Pesquet, o astronauta francês, sentiu cheiro de plástico queimado.

Roscosmos, a agência espacial da Rússia, disse em um tuíte que o alarme disparou enquanto as baterias estavam sendo recarregadas.

Todos os sistemas passaram a operar normalmente, disse Roscosmos no Twitter.

Um sistema de purificação de ar foi ligado em resposta ao incidente, Roscosmos disse à TASS. As autoridades confirmaram que o ar era seguro para a tripulação, mas não deixaram claro se haveria risco se o ar não tivesse sido purificado.

A tripulação voltou a dormir depois que a purificação foi feita, Roscosmos, a agência espacial da Rússia, disse à TASS.

Esta não é a primeira vez que o módulo Zvezda tem esse tipo de problema. A tripulação da ISS também relatou fumaça do módulo em 2014; e em 2020, os astronautas rastrearam um vazamento de ar no módulo, liberando folhas de chá na estação.

A ISS está em serviço há mais de 20 anos e começa a dar sinais de envelhecimento. É provável que seja retirada de serviço dentro de uma década.

Outras partes russas da ISS tiveram problemas recentemente. Na semana passada, cosmonautas relataram ter encontrado rachaduras no Zarya da Rússia, que fazia parte da ISS quando foi lançado pela primeira vez em 1998.

No início do mês, o novo módulo ISS da Rússia, Nauka, disparou seus propulsores por engano e fez a estação virar 540 graus.

(Fonte)


Os problemas parecem ocorrer sempre no lado russo da ISS, ou seja, lá a coisa parece estar… “ruça“.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol