web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Rússia afirma que astronauta da NASA teve colapso mental e sabotou equipamento

Tempo de leitura: 2 min.

A Rússia está furiosa com o que considera uma crítica injusta ao seu programa espacial.

Rússia afirma que astronauta da NASA teve colapso mental e sabotou equipamento
Crédito da imagem: NASA

A mais recente adição do país à Estação Espacial Internacional, o tão esperado módulo Nauka, atracou com o posto avançado no final do mês passado. Mas seus propulsores dispararam inesperadamente durante os procedimentos de acoplamento, fazendo com que toda a ISS girasse uma rotação e meia.

A comunidade internacional não ficou impressionada e publicou uma quantidade considerável de notícias negativas sobre o programa espacial daquele país, Roscosmos. Os críticos se perguntam em voz alta se a Rússia se tornou um risco e até mesmo se a NASA deve continuar sua parceria com ela.

Agora, em resposta, o serviço de notícias estatal russo TASS está lançando suas próprias acusações dramáticas, com pouca ou nenhuma evidência para apoiar suas afirmações.

O serviço de notícias agora está sugerindo que a astronauta da NASA Serena Auñón-Chancellor teve um colapso mental enquanto estava a bordo da ISS e danificou intencionalmente um módulo espacial russo para retornar à Terra no início de 2018, conforme dito por Eric Berger da Ars Technica (que foi ele mesmo apontado pelo relatório TASS por criticar o programa espacial da Rússia após o incidente com o Nauka.)

De acordo com o relatório, Auñón-Chancellor experimentou “uma crise psicológica aguda” como resultado de uma trombose venosa profunda, que a TASS indica que a levou a fazer vários furos na parede do módulo para voltar para casa mais cedo.

Essa é uma acusação incrivelmente séria e que exigiria uma prova extraordinária. Mas tudo o que a TASS oferece é uma acusação anônima de uma fonte da Roscosmos e a evidência circunstancial de que uma câmera falhou em capturar o que aconteceu. A TASS também afirma que “os americanos” se recusaram a realizar o teste do polígrafo – o que também é uma afirmação tênue, já que a maioria dos especialistas agora concorda que eles não são eficazes em detectar mentiras.

É verdade que houve um incidente de 2018 no qual a autoridade espacial russa afirmou ter encontrado evidências de “várias tentativas de perfuração” nas paredes da ISS.

A Rússia agravou o incidente ao fazer com que dois cosmonautas russos embarcassem em uma caminhada no espaço para investigar os dois minúsculos buracos em dezembro de 2018.

Duas teorias populares surgiram desde então para explicar como os buracos chegaram lá: pequenos pedaços de detritos espaciais ou micrometeoritos perfuraram a parede externa da estação, ou um engenheiro russo apressado na Terra estava tentando encobrir seu trabalho de má qualidade com super cola e um remendo sobre os buracos, de acordo com o relato da Ars Technica sobre as acusações.

Mas as autoridades russas nunca descartaram a sabotagem – e agora a agência de notícias estatal do país parece estar usando a ambiguidade em torno do incidente como uma réplica conveniente às críticas de seu fracasso inequívoco após a atracação do módulo Nauka.

(Fonte)

Colaboração: Kaczmarczik


Porém, a NASA se defendeu. Veja:

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol