web analytics
Tempo de leitura: 5 min.

O bizarro incidente com OVNI e F-15s nos estados da Califórnia/Oregon

Tempo de leitura: 5 min.

Por Brent Swancer

Houve muitos incidentes com OVNIs ao longo dos anos, envolvendo uma ampla gama de fenômenos que cobrem o espectro do explicável ao bizarro total. Alguns dos incidentes de OVNIs mais intrigantes são aqueles que envolvem testemunhas confiáveis ​​e confirmação de radar e militar, e esses são os casos que realmente fazem a imaginação enlouquecer. Um desses casos ocorreu em 2017 no norte do estado da Califórnia e no Oregon, envolvendo um intruso aerotransportado que confundiu pilotos e equipes de radar, e que na verdade seria engajado por caças F-15.

O bizarro incidente com OVNI e F-15s nos estados da Califórnia/Oregon
F-15 Eagles decolando. Crédito: depositphotos

Em 25 de outubro de 2017, uma série de eventos muito estranhos, quase surreais, aconteceu nos céus perto da fronteira dos estados da Califórnia-Oregon, nos Estados Unidos. Aproximadamente às 16h30 um objeto foi captado por operadores de radar voando a uma altitude de 37.000 pés (11.000 metros) e viajando “muito rápido”. Na época era plena luz do dia e qualquer que fosse a aeronave, estava perigosamente zunindo por uma área com tráfego aéreo pesado, mas não estava emitindo nenhum sinal de transponder, não respondia às tentativas de estabelecer contato por rádio, estava completamente silencioso e, de acordo com todos os registros, não deveria estar lá.

Mais tarde, descobriram que a Força Aérea também rastreou o objeto enquanto ele acelerava para o sul, e testemunhas oculares que o viram disseram que era um “grande objeto branco”. O objeto voou diretamente para o tráfego aéreo pesado indo na direção oposta, sendo avistado por vários pilotos de linha aérea que fizeram chamadas em pânico para o controle de solo, antes do objeto mudar abruptamente de curso para seguir para o norte e desaparecer completamente do radar.

Embora ele tivesse desaparecido do radar, pelos próximos 30 minutos, houve chamadas em pânico de vários aviões relatando o misterioso objeto em movimento rápido, ao longo de um alcance de centenas de quilômetros, enquanto a FAA e o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (NORAD) estavam tentando descobrir o que fazer.

Ninguém parece ter sido capaz de dar uma boa olhada no objeto, apenas descrevendo-o como grande, branco e muito rápido, mas detalhes como o tipo de aeronave que poderia ser eram indescritíveis, e se movia muito rápido e nunca permaneceu em um lugar por tempo suficiente para que qualquer pessoa tivesse uma visão clara.

No entanto, era óbvio pelas gravações que seriam lançadas posteriormente que esses pilotos não achavam que era uma aeronave normal, com um deles exclamando: “Isso parece loucura!” O objeto também seria descrito como fazendo manobras que estavam além do que um avião normal seria capaz, fazendo curvas que uma testemunha diria serem “muito mais difíceis/mais rápidas do que uma aeronave comercial poderia lidar com aquela velocidade/altitude sem rasgar suas asas“.

Uma observação do piloto da Southwest Airlines que seria coletada de gravações de áudio dos relatos adquiridos por meio de solicitações da Lei de Liberdade de Informação feitas pelo site The War Zone, que foi o primeiro a divulgar a história, diria sobre seu próprio avistamento:

“Se fosse como uma fuselagem do tipo Lear (jato particular), eu provavelmente não teria visto tão claro. Este era uma aeronave branca e grande. E estava se movendo em um ritmo também, porque estávamos acompanhando o ritmo, provavelmente estava se movendo mais rápido do que nós … Sim, era uma aeronave maior.”

Ao longo de tudo isso, embora os avistamentos visuais estivessem chegando, os operadores de radar não conseguiam localizá-lo. O objeto também mantinha silêncio de rádio completo, ignorando todas as tentativas de saudá-lo, e também não aparecia nos sistemas de prevenção de colisão de tráfego digital (TCAS) das tripulações.

Era tudo muito estranho e inquietante, a tal ponto que os F-15s da 142ª Ala de Caça com base no Aeroporto Internacional de Portland foram despachados para investigar. A partir daqui tudo fica ainda mais estranho, porque, por razões desconhecidas, os caças foram primeiro para o sul, apesar do fato de que o objeto misterioso foi relatado como indo para o norte. Também estranho é que os F-15s relataram não conseguir encontrar o objeto. O The War Zone disse sobre o incidente com o F-15:

“Os F-15s aparecem pela primeira vez no radar quando saem de Portland para o sul no índice de tempo 33:33 como voo “Rock” – um indicativo comum usado para os F-15s de alerta estacionados no PDX. O Alaska 439 pede uma atualização sobre a aeronave não identificada e o controlador observa que eles ainda não têm nada sobre ela, dizendo coloquialmente que deve estar em uma espécie de ‘modo furtivo ou algo assim’.

Também é interessante que os F-15s foram para o sul pela primeira vez quando parecia que o objeto estaria ao norte do PDX quando eles finalmente foram despachados. O NORAD também disse que o incidente resultou em F-15s de Portland sendo enviados para investigar, mas no momento em que eles se levantaram e ‘olharam’, a aeronave misteriosa não foi encontrada.

Uma nota rápida sobre o aspecto do caça a jato desta história – o 142º Fighter Wing opera F-15Cs atualizado com o conjunto de radar ar-ar mais capaz do mundo (AN / APG-63V3) e pods de mira avançada Sniper identificação visual de longo alcance. Seus pilotos são alguns dos melhores do mundo e são altamente treinados na missão de defesa aérea nacional. Uma vez no ar, os F-15s são capazes de atravessar todo o estado de Oregon em apenas uma questão de minutos, se necessário, então, se eles fossem lançados prontamente, parece improvável que não seriam capazes de interceptar a aeronave apontada por pilotos comerciais sobre o sul do Oregon.

O fato de que ‘não encontraram nada’ é no mínimo surpreendente. Talvez isso se deva à natureza da aeronave que estava sendo procurada, ou à possibilidade deles terem sido enviados muito depois do objeto ter sido avistado pela primeira vez, ou simplesmente não estarem contando toda a história.”

O site The War Zone confirmou que tudo isso realmente aconteceu, com muitas evidências registradas das conversas entre os aviões, o controle de solo, a FAA e o NORAD, bem como trocas de rádio e entrevistas com pilotos, embora haja partes do áudio que foram bloqueadas, ficando mudo em vários lugares no que diz respeito às respostas aos pedidos de informações sobre as atividades dos militares, mostrando que, de fato, pode não estar sendo contada toda a história.

Na verdade, a FAA e o NORAD declararam que não têm mais nada a acrescentar, apenas confirmando que o incidente aconteceu e se recusando a dizer muito mais sobre o assunto, enquanto a 142ª Ala de Caça nada disse sobre o assunto, nem confirmando ou negando nada.

Obviamente, deveria haver alguma investigação de acompanhamento, pois se tratava de uma aeronave não identificada que não aparece no radar, agindo de forma muito estranha no espaço aéreo dos EUA em uma área com tráfego aéreo comercial pesado por um longo período de tempo e capaz de escapar de F -15 aviões de combate. É uma violação da segurança nacional, no mínimo, então deve ter agitado o ninho de vespas entre os militares, mas o que esta investigação de acompanhamento revelou, atualmente é desconhecido. É tudo muito intrigante, com toneladas de testemunhas muito confiáveis, com o site The War Zone dizendo:

“Coletivamente, esses materiais nos dão uma visão incrível não apenas deste incidente, mas também de como tal evento é realmente tratado em tempo real por aqueles que são responsáveis ​​pela segurança daqueles que estão no ar e aqueles que estão no solo. O que eles não oferecem é qualquer tipo de explicação para o que aconteceu naquela tarde de outono. Mas, realmente, o fato de que todos os envolvidos, desde controladores de tráfego aéreo, operadores de radar da Força Aérea, pilotos de linha aérea e até mesmo oficiais especiais da FAA encarregados de responder à base a todos os tipos de incidentes fora do comum que ocorrem no céu diariamente parecem tão confusos com este evento quanto nós, torna a história ainda mais intrigante.

Considerando que não há mais informações para prosseguir, somos forçados a especular sobre o que poderia ter acontecido aqui, com todo tipo de teorias voando desde que o relatório foi publicado.

Uma ideia é que os militares estavam testando algum tipo de aeronave experimental ultrassecreta, talvez um bombardeiro stealth de próxima geração. Mas se isso for verdade, então parece uma escolha estranha fazê-lo em meio ao tráfego pesado de aviões civis em plena luz do dia. Se era algum tipo de teste secreto, por que fazer isso? Além disso, por que permitir que apareça no radar?

Outra ideia é que podem ser traficantes de drogas ilegais tentando transportar o contrabando pela fronteira canadense. Isso explicaria o silêncio do rádio, mas não explica como eles puderam realizar as manobras que fizeram, ou como eles podiam simplesmente desaparecer do radar. Os traficantes de drogas também estariam mais propensos a voar em altitudes mais baixas, e foi apontado que provavelmente seria mais fácil conduzir um atropelamento por terra, cruzando a fronteira, em vez de usar uma aeronave.

Claro que também existe a ideia de que se tratava de alienígenas, e o caso é popular entre os fanáticos por OVNIs.

No final, simplesmente não sabemos. Tudo o que sabemos é que o incidente aconteceu, algo disparou pelo céu e confundiu pilotos, operadores de radar e oficiais militares. Mas o que pode ter sido isso ninguém sabe.

(Fonte)


Pelo que sabemos, aeronave de país algum aqui deste planeta pode exibir características de voo como relatadas no caso acima, bem como em outros encontros com OVNIs. Teria o estranho objeto relatado acima sido um outro OVNI Tic Tac?

Bem, devido à falta de dados, tudo que podemos fazer é especular. Se pelo menos os caças F-15 tivessem ido na direção correta quando despachados, eles teriam sido capazes de capturar algumas imagens, embora provavelmente nunca seriam liberadas para nós, meros mortais enclausurados na caverna da ignorância pelos que se acham donos de tudo e de todos.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol