web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

O processo de troca de almas em um universo repleto de vida

Tempo de leitura: 3 min.

A raça humana sempre sonhou com a imortalidade e há algumas lendas que dizem haver pessoas entre nós que conseguiram este feito. Obviamente não passam de lendas, mas é interessante, como curiosidade, saber a respeito delas. Veja:

Por Dean Caporella

Uma troca de almas poderia ter sido descartada há uma década como um disparate da nova era, mas a verdade é que elas acontecem. Duas almas fazem um acordo para trocar de lugar. Este é um acordo que poderia estar em vigor há séculos.

O processo de troca de almas em um universo repleto de vida
Crédito da imagem: depositphotos

Uma alma se torna parte de um corpo antes de continuar em sua jornada quando é substituída por outra por causa de um acordo que foi feito.

Parece coisa de ficção científica, mas só até você perceber que existem milhares e milhares de pessoas no mundo relatando essa experiência.

Sheila Seppi, autora do best-sellerWalk-Ins – The Cosmology Of The Soul“, estava perto da morte em seus trinta e tantos anos antes de sua troca de alma acontecer.

Mas ela diz que não era imediatamente óbvio que uma transferência de alma havia acontecido.

A troca de almas e um sentimento de não pertencer

Em uma entrevista fascinante para o Aliens Revealed Live em 2020, Seppi disse que não tinha ideia de que era uma “walk-in(em tradução aproximada, uma/um “walk-in” significa “aquele/a que adentrou”).

Foi apenas por meio das pessoas mais próximas a ela comentando que ela era diferente, que ela começou a questionar quem ela era.

Uma dessas pistas era que de repente ela teve um forte sentimento de que não pertencia.

Diagnosticada com câncer e prestes a ser confinada a uma cadeira de rodas, as coisas pareciam sombrias para Seppi durante o outono de 1999.

Mas tudo mudou. Após sua troca de alma, sua antiga alma cansada partiu e foi substituída por outra alma.

Nos meses que se seguiram à troca, Seppi achou que ela estava enlouquecendo. Sua formação foi no campo da psicologia, então ela estava bem qualificada para fazer um autodiagnóstico.

Ela nem tinha ouvido falar de uma alma walk-in. Ela começou a compartilhar o que sentia com sua família e amigos.

Seus sentidos e intuitividade foram intensificados. Ela podia ler os pensamentos das pessoas.

Só depois de se submeter à terapia de regressão com a hipnoterapeuta e terapeuta de regressão de renome mundial Barbara Lamb é que ela soube o que havia acontecido com ela. Essa sessão revelou muito mais do que sua incrível troca de alma. Revelou a nova alma walk-in, na qual Seppi descreveu como se sentindo como um raio. Quando a alma walk-in entrou em seu corpo, impulsionou a velha alma para a frente e para fora.

Seppi disse que a terapia de regressão mostrou que sua alma anterior estava muito cansada e fraca. Ela acredita que ele assumiu um pouco mais do que poderia suportar, dada a natureza doentia de seu corpo.

Mas é para onde a velha alma foi que torna este assunto tão viciante, especialmente para a comunidade que acredita em OVNIs.

Espírito ou outra raça alienígena?

Enquanto ela estava sendo regredida, Seppi disse que viu a nova alma entrar e a velha alma enviada em seu caminho.

Mas havia uma nave esperando pela alma substituída.

Portanto, a pergunta que eu tinha era: se não somos nossos corpos, mas espírito, e uma nave está esperando para recolher uma alma substituída, então estamos falando de uma raça separada de seres?

“Eu vejo a alma e o espírito como duas coisas diferentes. Para mim, o espírito é aquela parte da ação.

Se você pensa no oceano e pega um balde e tira a água do oceano, esse poderia ser o eu superior. Então você despeja essa água em um copo com o copo sendo o recipiente ou forma humana. E então a água que vem como a alma – a ação de derramar essa água é o seu espírito.

Isso é o que anima as coisas. Isso é o que nos dá nosso mojo ao longo da vida. E o espírito, a alma e o eu superior são todos realmente a mesma coisa.

Mas, para o propósito da forma como nós, humanos, somos ensinados, isto é, gostamos de categorizar, estes são apenas nomes.”

Mais uma vez, a questão permanece – as almas são, então, uma raça autônoma? A resposta provavelmente permanecerá obscura até que voltemos para casa depois de nossa passagem neste planeta.

O conhecimento de uma pessoa após uma troca de almas

Seppi diz que o universo é muito maior do que as pessoas pensam e, mais importante, está repleto de vida. Isso é através de sua própria compreensão após a transferência de sua alma:

“É tão grande que nem consigo começar a descrevê-lo. Quer dizer, é infinito. É realmente infinito. E há mais planetas que sustentam vida do que podemos sequer envolver nosso cérebro.

Se você olhar para uma praia, a terra é um grão de areia que tem vida. Há muita vida. E, novamente, pode não ser a forma humanoide que temos. Pode ter uma forma mais gasosa ou mais geométrica. Pode ser apenas uma essência ou uma luz. Mas há tanta vida lá fora.

E a única coisa que tirei de toda essa experiência, não apenas do livro, mas apenas de viver essa vida é que essa fonte é muito maior do que eu jamais poderia ter, jamais imaginado”.

Antes eu tinha o cristianismo em uma caixa e era assim, tudo está dentro dessa caixa. E se você sair disso, é onde o diabo está e isso não é bom. Isso é ruim. Você tem que estar nesta caixa. E o que aprendi é que não existe caixa. Essa é uma construção humana. É assim que vemos as coisas e como somos capazes de perceber isso”.

A seguir, minha entrevista completa com Sheila Seppi. Ela fala sobre sua vida antes e depois do walk-in da alma, por que os walk–ins acontecem e dá outros exemplos de trocas de almas e como elas aconteceram.

[Caso não saiba ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta possa não ser perfeita, clique aqui para instruções.]

(Fonte)


Sem comentários exceto que “só sei que nada sei”.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol