O Universo está cheio de substância misteriosa chamada de “quintessência”

Tempo de leitura: 2 min.
O Universo está cheio de substância misteriosa chamada de "quintessência"

Uma equipe internacional de cientistas está sugerindo que a expansão acelerada do Universo pode ser causada por uma substância misteriosa chamada “quintessência” que permeia o cosmos.

A hipótese provisória pode oferecer novas pistas tentadoras sobre a natureza da energia escura, a força misteriosa que os físicos acreditam ser responsável pela velocidade crescente com que o Universo está se expandindo.

Mas as conclusões dos pesquisadores – e suas amplas implicações – deixaram alguns de seus colegas questionando a ideia, como relata a Nature.

A teoria de que a energia escura é responsável por acelerar a expansão do Universo foi proposta pela primeira vez em 1998, quando os pesquisadores descobriram que a quantidade da força misteriosa foi fixada por unidade de volume do espaço como uma “constante cosmológica”.

No entanto, nem todos os cientistas concordam totalmente com a teoria, como a Nature aponta, argumentando que a energia escura é feita de um “quinto elemento”, ou o que os pesquisadores da High Energy Accelerator Research Organization (KEK) no Japão e do Instituto Max Planck de Astrofísica da Alemanha está chamando a quintessência. Segundo eles, a quintessência não é uma propriedade inerente do espaço determinada por uma constante, nem uma forma de matéria. Se a energia escura fosse de fato essa quintessência, isso significaria que sua densidade cairia com o tempo, conforme a galáxia se expande.

Para testar a teoria, os pesquisadores primeiro postularam que a quintessência teria que afetar a luz de certas maneiras à medida que ela se espalha por todo o cosmos.

Em 1998, de acordo com a Nature, uma equipe de cientistas liderada por Sean Carroll, um físico teórico do California Institute of Technology em Pasadena, sugeriu que seria tecnicamente possível encontrar evidências disso acontecendo.

Eles sugeriram que, olhando para mapas de fundo cósmico de microondas (de sigla em inglês, CMB) – a radiação eletromagnética remanescente dos primeiros estágios do Universo – os cientistas poderiam teoricamente procurar certas assinaturas de luz para provar a teoria da quintessência.

Essas assinaturas de luz mostrariam campos elétricos de luz polarizada “balançando” em direções específicas, em vez de em qualquer direção, sugeriram eles.

E é exatamente isso que dois cosmologistas da KEK e do Instituto Max Planck de Astrofísica na Alemanha afirmam ter feito, conforme detalhado em um artigo publicado na revista Physical Review Letters esta semana.

Ao olhar para os dados do CMB da missão Planck da Agência Espacial Europeia, eles foram capazes de localizar sinais de quintessência usando uma técnica inteiramente nova.

Mas a descoberta ainda está longe de ser gravada na pedra – os físicos estão alertando que as evidências ainda não estão completas, como relata a Nature.

No entanto, se confirmada por pesquisas adicionais, a teoria pode ter consequências drásticas para a nossa compreensão do Universo. Se a energia escura fosse de fato quintessência, a expansão poderia realmente desacelerar e eventualmente desaparecer completamente.

O processo poderia até ser revertido, fazendo com que o Universo se quebrasse como uma lata de refrigerante, de acordo com Carroll, que não esteve envolvido no estudo.

Carroll disse à Nature:

“Estamos de volta a uma situação em que não temos ideia de como o Universo vai acabar”.

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.