Eles não se cansam: Agora o mundo vai acabar em novembro (2020)😁

Tempo de leitura: 3 min.
Eles não se cansam: Agora o mundo vai acabar em novembro (2020)

Num artigo recente, eu disse que havia mais uma “profecia”, desta vez para o mês de novembro. Assim, para aqueles que ficaram curiosos a respeito, aqui está ela para seu “divertimento”:

O cientista planetário americano Jason Barnes informou à comunidade mundial que, hipoteticamente, a Lua poderia cair na Terra.

Segundo os astrólogos, o fim do mundo pode ocorrer em novembro de 2020. Eles relataram que nesta época a influência da Lua pode ser tão forte que poderá levar a eventos catastróficos. Os internautas notaram que a próxima previsão é bastante original quando comparada com outras semelhantes de Baba Vanga, Edgar Cayce ou Nostradamus.

Qual evento será o prenúncio do fim do mundo em novembro de 2020

O novo cenário do Juízo Final, que acontecerá em novembro de 2020, tem um acontecimento que será seu prenúncio. De acordo com astrólogos domésticos, problemas devem ser esperados se a Lua cheia, que deve ocorrer em 23 de novembro, nunca chegar. Segundo os preditores, isso pode acontecer, já que a companheira da Terra pode alterar sua trajetória. Assim, uma interação gravitacional diferente entre os corpos celestes pode levar ao desastre.

Os astrólogos acreditam que isso causará inundações, mudanças climáticas, mudanças no campo gravitacional da Terra, derretimento de geleiras, desaparecimento de cidades costeiras e até mesmo continentes inteiros. Não se sabe em que pesquisa os preditores se baseiam, mas eles relatam que o fim do mundo em novembro será acompanhado por uma epidemia. Usuários de redes sociais Twitter e Facebook notaram que o roteiro é bastante original quando comparado com as próximas previsões “inéditas” de Nostradamus ou Vanga.

Após um exame mais detalhado da previsão, torna-se óbvio que esta versão dos eventos é apenas uma variação do tema do fim do mundo devido ao aparecimento repentino do planeta “Nibiru”. Ao contrário de Marte, Júpiter, Saturno e outros corpos celestes, este suposto corpo tem uma órbita tão alongada que uma vez a cada 3,6 mil anos está perto da Terra, após o que novamente vai além do Cinturão de Kuiper. Assim, o cenário do fim do mundo em novembro de 2020 é semelhante, mas sem a intervenção de um planeta inexistente e da raça alienígena que nele habita.

O que acontecerá se a Lua começar a girar na direção oposta em novembro de 2020?

A ciência moderna sugere que o fim do mundo acontecerá em novembro de 2020 se a Llua começar a girar na direção oposta. Sabe-se que ele, como a Terra, sempre gira em uma direção em torno de seu eixo. É importante notar que esta não é a regra para todos os objetos do sistema solar. Por exemplo, Tritão, que é um satélite de Netuno, ao contrário do próprio planeta, gira na direção oposta. Em astronomia, essa rotação é geralmente chamada de “retrógrada”.

A rotação de Tritão praticamente não tem efeito sobre Netuno devido à diferença na massa de ambos os corpos celestes. O planeta é 5 mil vezes mais pesado que seu satélite, o que não se pode dizer da Lua e da Terra. Supõe-se que as marés mudariam devido ao movimento retrógrado. A rotação reversa da Lua também mudaria a duração do dia na Terra. Se considerarmos a influência a longo prazo, então mais cedo ou mais tarde a distância entre o planeta e o satélite começará a diminuir.

De acordo com dados científicos modernos, a Lua, como a Terra, girando em torno de seu eixo na mesma direção, afasta-se anualmente do planeta por 3,8 cm. Assim, podemos dizer com total confiança que uma mudança na rotação do satélite não poderia causar o fim do mundo. Por sua vez, o surgimento de uma nova trajetória para a Lua, que possui uma determinada órbita, não é possível sem a intervenção de um corpo celeste capaz de exercer um efeito gravitacional significativo.

A Lua pode cair na Terra de acordo com o cenário do juízo final de novembro de 2020

O cientista planetário americano Jason Barnes informou à comunidade mundial que, hipoteticamente, a Lua poderia cair na Terra. Mas tal cenário de fim do mundo seria impossível em novembro de 2020, já que acontecerá em 65 bilhões de anos. Barnes defendeu seu ponto de vista pelo fato de que com o tempo a velocidade de rotação da Terra em torno do eixo diminui, por isso a Lua não começará a se repelir do planeta, mas será atraída.

Além disso, isso pode ser facilitado pelo próprio Sol, no qual o hidrogênio acabará em 5 bilhões de anos. Como resultado deste evento, a estrela pode se tornar uma gigante vermelha. À medida que o corpo celeste começa a aumentar de tamanho, as emissões para a atmosfera podem alterar o sistema solar. Assim, a órbita da Lua pode variar, o que pode causar um desastre.

(Fonte)


Então a órbita lunar vai inverter em novembro. Bem, quando parar de rir lembre-se daquilo que sempre digo: Eventos impactantes à raça humana não vêm com data marcada. Eles nos pegam de surpresa.

Assim, dia primeiro de dezembro poderemos estar aqui novamente para conversarmos… isto é, se algo inesperado não ocorrer antes😁.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.