Uma primeira-dama que disse ter viajado a Vênus

Tempo de leitura: 3 min.

O que aconteceria se a primeira-dama dos Estados Unidos revelasse que acreditava ter viajado com extraterrestres para Vênus? Sem dúvida, criaria bastante sensação da mídia internacional, certo?

Uma primeira-dama que disse ter viajado a Vênus
Miyuki Hatoyama.

Bem, foi exatamente o que aconteceu no caso da primeira-dama japonesa Miyuki Hatoyama. No entanto, você soube disso?

Em 2009, Miyuki Hatoyama, então com 62 anos, esposa do primeiro-ministro eleito do Japão, Yukio Hatoyama, ficou sob escrutínio pelo que escreveu em um livro intitulado “Coisas muito estranhas que encontrei” (título em tradução livre).

Hatoyama escreveu sobre uma experiência que aconteceu com ela duas décadas antes.

Ela explica no texto que publicou:

Enquanto meu corpo estava dormindo, acho que minha alma montou em um OVNI de formato triangular e foi para Vênus.

‘Era um lugar muito bonito e muito verde.

Quando ela contou a seu ex-marido, na época, ele disse que provavelmente era apenas um sonho. No entanto, ela disse que seu novo marido, Yukio Hatoyama, sem dúvida reagiria de maneira diferente. A cantora e dançarina divorciada conheceu o multimilionário enquanto trabalhava em um restaurante japonês em San Francisco. Eles se casaram em 1975.

Ela escreveu:

Meu marido atual tem uma maneira diferente de pensar. Ele certamente diria: “Oh, isso é ótimo”.

Yukio Hatoyama, educado na Universidade de Stanford, também com 62 anos na época, é neto de um ex-primeiro ministro. Segundo a Reuters, ele ganhou o apelido de ‘alienígena’ por seus olhos proeminentes.

Segundo o Independent, o apelido vem da abordagem não convencional do casal:

Embora Hatoyama seja um multimilionário e a quarta geração de sua família suba ao topo do mundo político japonês, sua aparência não é convencional pelos rígidos padrões japoneses: seu cabelo é rebelde e ele rejeita o uniforme azul marinho do mundo político, a favor de ternos marrom e verde musgo.

É essa recusa em se curvar à convenção, bem como sua tendência a deixar comentários que interrompem a conversa – como seu chamado, durante a campanha eleitoral, por uma ‘política cheia de amor’ – que há muito tempo levou outros políticos japoneses a dispensá-lo como sendo um uchujin, um alienígena. Embora não seja, presumivelmente, foi quem levou Miyuki a Vênus.

Alguém poderia pensar que esta história sobre viagens a Vênus poderia ter sido mais proeminente nas notícias do mundo, mas parece que mal tocou no radar. Uma razão pode ser que a abordagem do Japão à ideia de extraterrestres seja tão diferente dos países ocidentais.

Desde o início, histórias antigas falam de seres alienígenas, incluindo o antigo Dogu, figuras alienígenas representando deuses do céu.

A série Alienígenas do Passado, Temporada 12, episódio 14, explorou isso, e a religião principal do Japão chamada xintoísmo. As crenças conectam o Japão a um passado místico envolvendo seres celestes chamados Kami.

OVNIs e o governo japonês

Em 2007, o governo japonês declarou que “não confirmou a existência de objetos voadores não identificados que se acredita terem vindo de outro lugar que não a Terra”. Porém, o ministro da Defesa do Japão disse que “não há motivos” para negar completamente a existência de OVNIs tripulados por alienígenas.

A BBC News informou que, apesar da falta de evidências, “o secretário-chefe do Gabinete, Nobutaka Machimura, disse mais tarde a repórteres que acreditava que eles [OVNIs] eram definitivamente reais.

No entanto, apesar dessa admissão, esse artigo observou:

O Japão ainda não planejou o que fazer se os alienígenas chegarem aqui.

Um membro da oposição perguntou ao governo qual era sua política para lidar com os OVNIs.

Ele disse que o trabalho deve começar com urgência para tentar confirmar se eles existem ou não, por causa do que ele chamou de relatos ‘incessantes’ de avistamentos.

O serviço público japonês entrou em ação.

Em comunicado, ele disse que, se um disco voador fosse avistado no espaço aéreo do país, um caça seria despachado para tentar a confirmação visual.

Em 2015, o ministro da Defesa, Gen. Nakatani, respondeu a uma pergunta sobre OVNIs durante uma sessão de orçamento. Ele tinha uma resposta muito diferente.

Quando a Força de Autodefesa Aérea detecta indicações de um objeto voador não identificado que possa violar o espaço aéreo de nosso país, despacha caças, se necessário, e faz observação visual.

Eles às vezes encontram pássaros ou objetos voadores que não sejam aeronaves, mas eu não conheço um caso de encontrar um objeto voador não identificado que se acredita ter vindo de outro lugar que não a Terra.

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.