Quem realmente eram os Anunnakis, deuses da antiga Suméria?

Tempo de leitura: 2 min.

Este assunto já foi debatido aqui no OVNI Hoje, mas não custa refrescar a memória e informar os novos leitores. E, além disso, é uma boa leitura para esses tempos de quarentena:

Quem realmente eram os Anunnakis, deuses da antiga Suméria?
Wikimedia commons

Vários autores e pesquisadores têm argumentado que os Anunnakis não são completamente compreendidos, e que os acadêmicos se recusam a admitir suas verdadeiras origens. Com base nas numerosas descobertas arqueológicas: artefatos, registros e monumentos encontrados no passado por especialistas, acredita-se que os Anunnakis (“aqueles que desceram dos céus”, em sumério), uma civilização altamente avançada de um planeta elusivo em nosso sistema solar, vieram à Terra e pousaram no Golfo Pérsico há uns 432.000 anos.

Mas imagine o que aconteceria se a história reconhecesse que há centenas de milhares de anos seres avançados de outro lugar do Universo vieram até a Terra e ajudaram a dar início à civilização humana?

Alienígenas ou não?

Se fizermos uma pesquisa pelo nome Anunnaki e olharmos por explicações alternativas que discordam com os estudiosos de comportamento predominante, eventualmente encontraremos a teoria do Astronauta da Antiguidade (alienígenas).

Esta teoria pressupõem que há milhares de anos, mesmo antes da história registrada, nosso planeta foi visitado por astronautas de outro mundo, seres inteligentes com uma tecnologia muito além da nossa hoje.

Muitos arqueólogos consideram o Iraque dos dias atuais como o “berço da civilização” e que os antigos Anunnakis são uma das razões principais porque esta parte do mundo desenvolveu tão rapidamente milhares de anos atrás.

Entre 3.500 e 1.900, os rios Tigre e Eufrates eram o lar dos sumérios, que prosperavam nesta região.

Há aproximadamente uns 250.000 anos, de acordo com Zacharia Sitchin, os Anunnakis antigos uniram seus genes alienígenas com o do Homo erectus e criaram uma espécie conhecida como Homo sapiens, obtendo como resultado uma espécie geneticamente bicameral .

Assim, basicamente quando olhamos para os antigos Anunnakis e sua origem real, encontramos duas diferentes perspectivas dos dois tipos de pessoas.

Aqueles que acreditam que os antigos Anunnakis sejam parte do mito da criação de culturas antigas, tais como os sumérios, os acadianos, os assírios e os babilônios, e aqueles que acreditam que aquilo que está escrito nos tabletes de argila da Mesopotâmia são descrições reais de seres de outro mundo que vieram para a Terra há centenas de milhares de anos.

Este parece ser um debate nervoso.

Mas mesmo antes dos Anunnakis terem supostamente criado a raça humana, fala-se que os Igigis – aqueles que vêem – foram os deuses astronautas da antiguidade da geração mais jovem, servos dos poderosos Anunnakis que vieram à Terra para minerar ouro.

Os estudiosos de tendência predominante usam o temo Igigi para referenciarem aos deuses sumérios mitológicos.  De acordo com esses acadêmicos, os Igigis eram os servos mais jovens dos Anunnakis, os quais iniciaram uma rebelião contra os ditadores de Enlil.  No final, os Anunnakis substituíram os Igigi pelos humanos.

No que você acredita?  Você acha que há evidência suficiente para apoiar as teorias a respeito da existência dos Anunnakis?  Seriam eles somente mitos, ou seria possível que eles eram deuses de carne e osso, que vieram até a Terra num passado distante, dando início à civilização humana?

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.