Nova equipe do Skinwalker Ranch informou o governo dos EUA

Tempo de leitura: 3 min.

Aqueles que acompanharam de perto o Skinwalker Ranch sabem que os Bigelow Aerospace Advanced Space Studies (BAASS) através do Advanced Aerospace Weapon System Applications Program (AAWSAP) trabalharam com a Agência de Inteligência de Defesa e possivelmente com outros grupos dentro do governo.

Nova equipe do Skinwalker Ranch informou o governo dos EUA

Algo que foi especulado, mas não confirmado até agora, é se a nova propriedade do Skinwalker Ranch também interagiu com o governo. Durante uma entrevista no Coast to Coast AM, George Knapp e o proprietário do Skinwalker Ranch, Brandon Fugal, disseram o seguinte:

George Knapp: Brandon, já na família que possuía a propriedade antes da compra de Bob Bigelow, eles haviam dito aos investigadores do NIDS que, ocasionalmente, viam o que supunham ser militares. Helicópteros sobrevoavam ou, você sabe, pessoas em SUVs com binóculos verificando a propriedade e, claro, como sabemos agora, o programa AATIP era, na verdade, outra coisa chamado de AAWSAP, iniciado pelo DIA. Bob Bigelow tinha um contrato com eles, no qual eles estudavam a propriedade e um espectro muito mais amplo de questões, e eu queria saber se você teve alguma ajuda do governo para perguntar o que está acontecendo lá, ou pedidos de parceria ou qualquer indicação de que você está sob vigilância por partes desconhecidas?

Brandon Fugal: Boas perguntas. Em primeiro lugar, em resposta, não tenho interesse em parceria com o governo. Não porque eu não amo meu país, eu amo ser americano. Vivemos no maior país do mundo e somos muito abençoados e felizes por estarmos aqui e fazermos parte deste incrível Estados Unidos da América, mas eu simplesmente não queria que minha investigação fosse comprometida, e realmente não tenho interesse em fazer parceria ou estar envolvido ou receber dinheiro de qualquer empresa relacionada ao governo.

Dito isto, em resposta direta à sua pergunta, sim, fui abordado e nós, nossa equipe, fomos convocados no passado para Washington DC para dar testemunho e relatar o que temos observado na propriedade. Parece haver um interesse muito real e sincero por parte de várias agências e programas que estão monitorando pelo menos o que está acontecendo em relação aos relatórios sobre o rancho, e eles parecem sinceros e com espírito de colaboração.

Novamente, não tive nenhum problema em apresentar as evidências e os dados que coletamos, e senti aquilo, como uma demonstração, pelo menos da minha parte e da minha equipe, que realmente consideramos isso uma mordomia e estamos sinceramente focados nos fatos e realmente utilizando rigor científico real. A única coisa que me decepcionou foi a falta de troca. Quero dizer, parece que todo mundo quer informações, todo mundo quer que transmitamos o que aprendemos, o que é ótimo e estamos felizes em compartilhar, mas vemos muito pouca troca e isso é um pouco decepcionante. Esse provavelmente foi um dos aspectos mais decepcionantes da minha jornada.

Eu senti como se estivéssemos de várias maneiras por conta própria. O que é emocionante, mas é surpreendente também. Eu esperava um pouco mais de uma troca cooperativa, mas ei, deixe as coisas acontecerem. Eu realmente não me importo. Estamos executando um programa financiado e manejado por empresas privadas, uma investigação, e acho que realmente nos ajudou a manter a integridade do que estamos fazendo e também nos permite compartilhar o que estamos fazendo com o público.

Acho que uma coisa com a qual o Sr. Bigelow foi desafiado é que ele e seu pessoal estavam lidando com informações classificadas e tenho certeza de que havia acordos de não divulgação em vigor e eu respeito isso. Eu respeito completamente que eles precisam honrá-los, mas estamos abordando isso de um ângulo diferente.

George Knapp: A premissa do estudo AAWSAP, que a BAASS foi contratada pelo DIA, é que existem implicações de segurança nacional para o que foi relatado no rancho. Não sei exatamente o que é isso, talvez buracos de minhoca, buracos no céu, seres entrando e saindo de algum outro lugar, uma inteligência operando lá. Você concorda que existem implicações na segurança nacional?

Brandon Fugal: Bem, sim. Acho que quando você vê objetos e fenômenos que aparentemente estão violando nosso espaço aéreo, que não aparecem no radar ou estão realmente operando, se comportando, da maneira que as embarcações convencionais se comportariam, acho que isso deve levantar questões. Eu pensaria que há implicações e seria de grande interesse.

Fico feliz que tenha havido um esforço mais sério para trazer a verdade à luz. Eu acho que a história do New York Times e o outro jornalismo, os outros relatórios que surgiram agora e tudo, desde os seus pilotos de caça até outros que tiveram a coragem de registrar o que viram, acho que realmente mostra que possamos estar entrando em uma nova era de divulgação ou pelo menos de honestidade. E eu acho isso empolgante. Eu pensaria que qualquer um que faça sua devida diligência e analise esse campo de investigação deve examiná-lo de uma perspectiva honesta e deve admitir que há alguma evidência real e convincente. Vimos isso no Skinwalker Ranch.

Fugal não apenas disse “agências”, mas também disse “programas”. Poderia se dizer que esses programas apareciam através de rumores ou programas mais gerais que aparentam ser interessados no assunto?

O governo que está sendo informado sobre OVNIs não é uma teoria da conspiração, é um fato. Vários senadores e até o presidente Trump declararam que foram informados. O piloto Dave Fravor esteve envolvido em pelo menos algumas dessas reuniões. Seu envolvimento foi destacado durante o programa de televisão Unidentified da To The Stars Academy.

O Skinwalker Ranch, que tem seu próprio show no History Channel, que estreia em breve, supera os OVNIs. Ele inclui outros aspectos do que muitos chamariam de mundo paranormal. No entanto, alguns têm especulado que o interesse do governo nesse espectro mais amplo do paranormal pode ter cessado quando a BAASS se separou, possivelmente em parte devido à pressão religiosa dentro do governo.

Com a alegação de Brandon Fugal, de que ele e sua equipe informaram o governo, Washington ainda está interessado em mais do espectro paranormal ou o interesse deles reside apenas nos OVNIs? Independentemente de qual seja exatamente o interesse deles, o fato dessas reuniões ocorrerem é um grande avanço no que alguns chamariam de “desacobertamento”.

Sempre que há alegações, ou provas, de interesse do governo em tópicos paranormais, ou especificamente OVNIs, dá exemplos aos ativistas que devem ser citados ao apresentar seu caso ao mundo em geral.

(Fonte)


Talvez, lendo certas coisas a respeito do interesse do governo dos EUA também a respeito dos fenômenos sobrenaturais, o fenômeno OVNI pode englobar muito mais do que simplesmente seres de outros planetas nos visitando.

Minha imaginação se abre ao pensar nisso.

E não esqueça: clique aqui para acessar nossa página principal, a qual é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.