Relógio do Juízo Final é reajustado para mais perto do fim: 100 segundos

Tempo de leitura: 2 min.

O Boletim de Cientistas Atômicos ajustou seu simbólico Relógio do Juízo Final neste 2020 para 100 segundos da meia-noite, em sua avaliação de quão próxima a humanidade está do fim.

Relógio do Juízo Final é reajustado para mais perto do fim: 100 segundos

Este é o mais próximo que o relógio já esteve do fim desde sua criação, em 1947, superando o marco de 2 minutos até a meia-noite dos últimos dois anos, que só havia sido atingido em 1953, quando os Estados Unidos e a União Soviética testaram bombas de hidrogênio.

Para este ano, o Boletim afirma que a humanidade continua enfrentando dois perigos existenciais simultâneos: guerra nuclear e mudança climática, que são exacerbados por um multiplicador de ameaças, uma guerra de informações cibernéticas, a qual mina a capacidade de reação da sociedade.

No campo nuclear, o relatório observa que os líderes dos países concluíram ou minaram vários tratados e negociações importantes sobre controle de armas no ano passado, criando um ambiente propício para uma corrida armamentista nuclear renovada, proliferação de armas nucleares e redução das barreiras à guerra nuclear.

Os conflitos políticos relacionados aos programas nucleares no Irã e na Coréia do Norte permanecem sem solução e, de qualquer forma, pioram. A cooperação entre os Estados Unidos e a Rússia no controle e desarmamento de armas é quase inexistente.

Antes do ‘horário’ atual, a coisa mais próxima da meia-noite foi de 2 minutos, em 1953 e em 2018 e 2019.

Por outro lado, reconhece-se que a conscientização pública sobre a crise climática cresceu ao longo de 2019, em grande parte devido a protestos em massa de jovens de todo o mundo.

Os cientistas alertam:

De qualquer forma, as ações do governo sobre as mudanças climáticas ainda estão longe de enfrentar o desafio em questão.

Nas reuniões climáticas da ONU no ano passado, os delegados nacionais fizeram discursos excelentes, mas apresentaram poucos planos concretos para limitar ainda mais as emissões de dióxido de carbono que estão alterando o clima da Terra.

(Fonte)


Todos receiam que uma catástrofe natural possa acabar com nossa civilização, mas esse recente ajuste do Relógio do Juízo Final nos indica mais uma vez que nós mesmos seremos responsáveis por nossa própria extinção. A única coisa que evolui na raça humana parecem ter sido os armamentos, pois ainda somos macacos beligerantes, bem como éramos na pré-história.

Estou generalizando, é claro.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.