FCC quebrou lei ambiental ao aprovar satélites da SpaceX

Tempo de leitura: 2 min.

Astrônomos e outras fontes confiáveis ​​continuam alertando sobre satélites e naves espaciais semelhantes, criando situações perigosas na Terra e no espaço.

FCC quebrou lei ambiental ao aprovar satélites da SpaceX
 
Ilustração dos satélites Starlink.

Independentemente disso, a Federal Communications Commission (FCC) continua a aprovar dezenas de milhares de satélites sendo lançados em órbita, de qualquer maneira.

Agora, um novo artigo sugere que a agência pode ter violado a lei ambiental ao aprovar o Starlink Mega Constellation da SpaceX (que inclui até 42.000 naves espaciais) e que, se alguém os processar, essa pessoa poderá ganhar a causa.

Publicado no Scientific American:

Uma batalha pelo céu está ocorrendo, e os céus estão perdendo. As próximas mega constelações de satélites, projetadas para cobrir a órbita da Terra em naves espaciais que transmitem Internet de alta velocidade ao redor do mundo, podeerão encher o firmamento com dezenas de milhares de pontos de luz em movimento, mudando para sempre nossa visão do cosmos.

Astrônomos que dependem de céus imaculados para sua profissão e membros do público em geral que apreciam a beleza natural do que está acima, podem perder. O lançamento de um número tão grande de satélites “tem o potencial de mudar nosso relacionamento e nossa conexão com o universo”, diz Ruskin Hartley, diretor executivo da International Dark-Sky Association, organização sem fins lucrativos.

Mas sem leis ou regulamentos internacionais vinculativos em vigor para proteger o céu noturno, qualquer pessoa que se oponha ao avanço das mega constelações certamente está travando uma batalha perdida. Certo?

Errado.

Um novo artigo a ser publicado ainda este ano no Vanderbilt Journal of Entertainment and Technology Law argumenta que a Comissão Federal de Comunicações – a agência responsável por licenciar a operação dessas constelações nos EUA – deveria considerar o impacto que esses satélites teriam no céu noturno.

Ao ignorar uma parte essencial da legislação ambiental federal, a FCC poderá ser processada em um tribunal – e perder – potencialmente interrompendo novos lançamentos de mega constelações até que uma revisão adequada seja realizada.

A FCC deve proteger o público regulando o setor de telecomunicações. No momento, eles estão enfrentando muitos processos por não fazê-lo em relação à instalação forçada de tecnologia 5G insegura. Tomara que alguém a processe por aprovar esses satélites também.

(Fonte)


Vale notar que já com esses primeiros lançamentos dos satélites Starlink, no mundo todo pessoas têm reportado avistamento de “OVNIs em fila no céu”. Inclusive, tenho recebido e-mail de vários leitores relatando terem visto “OVNIs enfileirados” no céu daqui do Brasil também. Imaginem agora quando milhares desses satélites estiverem lá em cima.

Em tempo, hoje a SpaceX está agendada para lançar mais desses satélites…

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.