Maior coleção de dados sobre OVNIs do mundo está sendo catalogada – poderá demorar 10 anos para organiza-la

Tempo de leitura: 2 min.

Quando Stanton T. Friedman, físico nuclear e ovniólogo / ufólogo de destaque faleceu em maio, arquivistas em New Brunswick, Canadá, já haviam reunido sua vasta coleção de dados sobre OVNIs para preservação.

Maior coleção de dados sobre OVNIs do mundo está sendo catalogada
Stanton Friedman cercado por seus arquivos OVNI. Imagem: CHRIS RUTKOWSKI

De acordo com um artigo do site Motherboard, Friedman tinha mais de cinco vans carregadas com relatórios, anotações e palestras sobre avistamentos de OVNIs. Quase 50 anos de dados sobre OVNIs espalhados por toda parte – e os arquivistas precisam categorizar tudo.

Joanna Aiton Kerr, gerente dos arquivos provinciais em New Brunswick, descreveu os arquivos como um turbilhão de papéis:

Podemos encontrar uma única página de uma carta ou documento em uma pilha, outra página em algum lugar do outro lado da sala, outra página dobrada em um livro e assim por diante.

A descoberta foi uma surpresa para outros ovniólogos / ufólogos, que haviam presumido que Friedman era incrivelmente organizado, devido a suas apresentações completas e bem referenciadas.

Friedman era famoso por ser o ‘investigador civil original’ do incidente de OVNI em Roswell, de 1947. Durante esse evento, ele entrevistou uma testemunha e documentou a recuperação dos materiais não identificados encontrados, levando a ideia de naves espaciais extraterrestres à vista do público. Ele passou a maior parte de sua carreira defendendo a existência de extraterrestres, pedindo à Câmara dos Deputados dos EUA por mais transparência na pesquisa de OVNIs da Força Aérea, escrevendo livros sobre incidentes de OVNIs e criando hipóteses sobre as origens dos OVNIs.

Uma carreira como essa cria muita papelada, e organizar os arquivos é um esforço gigantesco. Kerr disse ao Motherboard que 25 caixas foram processadas para exibição pública, mas ainda há muito mais a ser lavrado. Pode levar até 10 anos para catalogar tudo com seus recursos atuais nos arquivos. Mesmo com dois funcionários em tempo integral dedicados a trabalhar exclusivamente em sua coleção, a quantidade ideal de ajuda necessária, ainda levaria de 3 a 4 anos, e a biblioteca atualmente não possui recursos para contratar arquivistas adicionais.

No entanto, os arquivos provinciais não se afastam da tarefa. Os arquivistas continuam a dedicar pelo menos um dia por semana estritamente à classificação do trabalho de Friedman.

Kerr disse:

Definitivamente, existe uma demanda para ver os registros, e definitivamente sentimos a pressão para disponibilizá-los o mais rápido possível – mas também queremos fazer o trabalho de forma correta.

O projeto atraiu o interesse de céticos e dos que acreditam em OVNIs, especialmente à medida que mais mistérios celestes surgem aqui e ali.

Talvez, no futuro, possamos usar as obras de Friedman como referência histórica, à medida que continuamos a aprender mais sobre esses avistamentos de OVNIs.

(Fonte)


Imaginem só a riqueza de dados sobre OVNIs que pode ser encontrada nessa coleção de Stanton Friedman, um homem brilhante que sempre contra argumentou com propriedade os céticos, deixando-os cabisbaixos.

Também, não posso culpar Stanton por ter arquivos esparramados por todos os cantos, pois sei muito bem o que é ter uma “bagunça organizada”. Aposto que se alguma outra pessoa deslocasse uma folha de papel para outra pilha, ele sentiria a diferença.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.