web analytics

Sinais extraterrestres agora podem ser captados em tempo real com a IA (Inteligência Artificial)

Tempo de leitura: 2 minutos

Os misteriosos sinais extraterrestres, conhecidos como Rajadas Rápidas de Rádio, ficaram mais fáceis de serem captados, graças a um aluno de doutorado da Austrália.

Sinais extraterrestres agora podem ser captados em tempo real com a IA (Inteligência Artificial)

Para entender o desafio de capturar dados das Rajadas Rápidas de Rádio – RRR, vale a pena passar algum tempo em uma noite de verão assistindo crianças tentando pegar vaga-lumes. Os insetos piscam rapidamente e de forma inesperada em lugares variados e desaparecem quando as crianças chegam lá … apenas para vê-los piscar em outro lugar.

Rápidas rajadas de rádio – as misteriosas ondas de rádio de outras galáxias – agem de maneira semelhante, com o desafio adicional de que sua piscada aconteceu bilhões de anos atrás. Então traçar a luz de volta à fonte – pegar o “vagalume RRR” – é impossível sem poder olhar bem no momento que ela piscou.

Embora não ajude os caçadores de vaga-lumes (boas notícias para os insetos), a Inteligência Artificial pode ter permitido que um grupo de astrônomos assistisse a rajadas rápidas de rádio em tempo real.

É fascinante descobrir que um sinal que viajou pela metade do universo, alcançando nosso telescópio após uma jornada de alguns bilhões de anos, exibe uma estrutura complexa, como picos separados por menos de um milissegundo.

Isso explica porque Wael Farah, um aluno de doutorado da Swinburne University of Technology (Austrália), foi inspirado a desenvolver um sistema de detecção de rajadas rápidas de rádio, e é a primeira pessoa a descobrir RRRs em tempo real com um sistema de aprendizado de máquina totalmente automatizado.

Mas como ele fez o que nenhum outro cientista fez antes? Com aprendizado de máquina. Conforme descrito num comunicado de imprensa da universidade, anunciando a publicação do estudo de Farah (com outros) nos Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, Farah usou o computador no local no Molonglo Radio Observatory, perto de Canberra, para reconhecer os sinais de RRRs e capturá-los imediatamente, filtrando os sinais de telefones celulares, transmissão terrestre, pulsares e outras ondas de rádio.

Este é um grande negócio?

Utilizando um sistema de detecção de RRRs em tempo real, capturamos voltagens brutas para cinco dos seis eventos, o que permitiu estudos de dispersão coerente e resolução de tempo muito alta (10.24 μs) das rajadas.

O estudo revela que o sistema de detecção de RRRs de Farah Encontrou cinco RRRs em tempo real no curto período entre junho de 2017 e dezembro de 2018. Para colocar isso em perspectiva, a primeira RRR foi detectada em 2007 e apenas cerca de 40 foram vistas desde então. Farah encontrou mais cinco em apenas 18 meses, incluindo uma RRR descrita como “a mais energética até agora”.

Mas espere … há mais. O estudo não encontrou nenhuma explosão repetida, o que mostra o quão difícil é encontrar, e estimou que há cerca de 59 a 157 RRRs ocorrendo a cada dia, o que é sete vezes menos do que as estimativas anteriores. Esta é mais uma razão para parabenizar Farah e sua equipe pelo desenvolvimento de seu sistema de detecção…

(Fonte)


Embora agora esteja um pouco mais fácil de captar esses misteriosos sinais extraterrestres, ainda não se sabe sua origem.

Há muitas teses que vão desde fenômenos naturais até sinais gerados por civilizações alienígenas avançadas para impulsionar suas naves.

Trata-se de só mais um dos inúmeros mistérios do nosso Universo.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários mais abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como ‘inapropriados’, acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.