Avistamentos do Monstro do Lago Ness se intensificam este ano

Tempo de leitura: 2 min.


O homem que relatou o último encontro com a criatura disse que, embora ele não acredite que o Monstro do Lago Ness seja um dinossauro, ele acredita que algo está escondido abaixo da superfície do lago.

Avistamentos do Monstro do Lago Ness se intensificaram este ano
Ilustração de como o famoso suposto monstro poderia se parecer.

Enquanto quase dois milhões de pessoas se preparam para “invadir a Área 51” – uma enigmática instalação militar dos EUA em Nevada que supostamente abriga um autêntico naufrágio do OVNI – parece que outro mistério está erguendo sua cabeça (talvez literalmente) em um canto diferente do mundo.

O Daily Mail relata que o lendário Monstro do Lago Ness, ou Nessie, foi visto pela 12ª vez este ano. De acordo com o jornal, o último suposto avistamento da criatura ocorreu em 25 de julho, quando um homem cético da existência do monstro, chamado Richard Cobb, testemunhou ‘algo’ quebrando a superfície do lago.

Cobb disse:

Eu venho até o Lago Ness desde 1992 e sei como são as ondas geradas por um barco. Mas não havia barcos por perto quando essa coisa surgiu.

Eu nunca acreditei em Nessie – mas agora não tenho tanta certeza. O que eu vi foi estranho.

Era uma noite calma e quente e essa coisa surgiu na superfície a algumas centenas de metros de distância. Eu não conseguia distinguir nem uma coisa – mas havia algo no meio que era diferente do resto.

Ele também acrescentou que, embora não acredite que Nessie seja um dinossauro, “há algo lá dentro, com certeza”.

Doze dias antes dessa ocorrência, uma turista de Belfast chamada Tracy Power também supostamente viu algum estranho ‘objeto’ nas águas do lago.

Conforme citado pelo jornal, ela disse:

Eu sou um geomorfologista por formação, portanto, não acredito na existência de Nessie. No entanto, agora estou realmente curiosa para saber o que fotografei.

Talvez Nessie esteja lá, afinal!

Isto chega às notícias quando cerca de 20.000 pessoas enviam suas confirmações para um evento satírico chamado “Storm Loch Ness, Nessie can’t hide from us all” (‘Invadir o Lago Ness, Nessie não pode se esconder de todos nós’), que aparentemente foi inspirado pela ação para invadir a Área 51.

Nessie atraiu aventureiros e teóricos da conspiração desde que foi supostamente visto pela primeira vez por São Columba em 565 dC, com mais de 1.000 supostos avistamentos (e mais do que algumas fotos granuladas) registrados até o momento.

(Fonte)


Parece ser óbvio que algo está perturbando as águas do Lago Ness de forma intermitente há séculos, este místico monstro existindo ou não.

Talvez a resposta seja mais simples do que se imagina… ou não.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:



ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PRESENTE PARA BEBÊ COMPRADO EM LOJA DA FLÓRIDA CONTINHA UM RIFLE CARREGADO

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.