web analytics

Zeta Reticuli, alienígenas do passado e muito mais: 9 coisas que aprendemos com a entrevista de Bob Lazar a Joe Rogan

Tempo de leitura: 4 minutos


Bob Lazar faz revelações surpreendentes sobre sua suposta experiência na S4. 

(Cada subtítulo abaixo contém um hiperink que leva ao segmento da vídeo entrevista relacionado à fala dele.)

[Para informações de como ativar a legenda em português do vídeo abaixo, embora ela não seja precisa e possa não funcionar em dispositivos móveis, clique aqui. (Macete: algumas legendas são melhores acompanhadas lendo-se somente a última linha)]

Zeta Reticuli, alienígenas do passado e muito mais: 9 coisas que aprendemos com a entrevista de Bob Lazar a Joe Rogan
Foto: Netflix

Após a polêmica figura da ovnilogia / ufologia Bob Lazar aparecer num documentário, “Bob Lazar: Área 51 e Flying Saucers” disparou o interesse por sua pessoa.

O documentário, que foi adicionado à Netflix em meados de junho, detalha a história de Bob Lazar, um homem que afirma ter trabalhado em uma filial da Área 51 conhecida como S4. Seu trabalho: engenharia reversa do sistema de propulsão que alimenta um dos nove discos voadores mantidos na base.

Se Lazar está ou não dizendo a verdade é algo que você tem que decidir por si mesmo. É difícil separar o fato da ficção até mesmo nos assuntos mais entediantes de hoje em dia, quanto mais em um que reformule tudo que a humanidade conhece sobre a natureza da existência.

O educado Lazar tem muitas histórias para contar, e nem mesmo um documentário de longa-metragem pode conter todos elas. Lazar e o diretor de documentários Jeremy Kenyon Lockyer Corbell apareceram no podcast de Rogan e, ao longo de uma conversa de duas horas, entraram em um caminho mais do que poderia ser coberto em qualquer filme.

Abaixo você encontrará nove informações que não foram incluídas no documentário ou deveriam ter sido:

1. Bob Lazar tocou o primeiro OVNI que ele já viu:

Ele aceitou trabalhar na S4 sem saber no que estava se envolvendo. Na verdade, ele pensou que o OVNI ao qual ele foi designado trabalhar, não era realmente um OVNI quando o viu pela primeira vez.

Desta vez que entrei, havia portas de hangar abertas. Entrei pela porta do hangar e na porta do hangar estava o disco, o disco voador em que trabalhei. Eu o vi assentado lá e passamos por ele. Tinha uma pequena bandeira americana presa ao lado e pensei: “Meu Deus, isso finalmente explica todas as histórias dos discos voadores. Este é apenas um caça avançado e isso é hilário.”

Então eu passei, deslizei minha mão ao lado dele. Eu fui repreendido imediatamente por tocar a coisa. Havia um guarda armado que nos seguia e disse: “Mantenha os olhos para a frente e as mãos ao seu lado e apenas entre na porta.”


2. Bob Lazar substituiu um morto:

Como é que um emprego se abre na S4? Não é algo bonito!

Eu estava substituindo alguém com quem o [parceiro de laboratório do Lazar] Barry trabalhou antes de mim e acho que houve um acidente horrível no qual eu não tinha muita informação. Barry aludiu a isso… onde alguém morreu.

Lazar diz que acha que o acidente envolveu os cientistas tentando cortar o reator do disco.

Esta deve ter sido uma tentativa muito desesperada porque não é um processo muito científico analisar algo assim, mas parecia que eles usavam um cortador de plasma ou algo em um reator operacional.


3. Os discos voadores vieram da Zeta Reticuli:

Houve alguns documentos que indicavam que este [OVNI] era do sistema estelar Zeta Reticuli. Como eles conseguiram isso, eu não tenho a menor ideia. Não era apenas do sistema estelar Zeta Reticuli, era o que eles chamavam de ZR3. Foi o terceiro planeta desse sistema estelar.

Não havia outras informações sobre isso, além de que supostamente era de onde vinha a nave.

Zeta Reticuli pode soar familiar, já que tem sido parte da tradição OVNI / UFO moderna, desde o início, desde o primeiro caso de abdução alienígena.

Barney e Betty Hill alegaram que foram sequestradas por alienígenas no outono de 1961 e Betty, sob hipnose, desenhou um mapa das estrelas de onde eles foram levados. Um astrônomo amador chamado Marjorie Fish passou anos analisando o mapa e concluiu que era um mapa do sistema Zeta Reticuli.

Se realmente é ou não tem sido objeto de muito debate, com Carl Sagan falando contra em um episódio do programa Cosmos em 1980.


4. Aqui assim que o interior de um OVNI se parece:

É um sentimento muito agourento, porque tudo é uma cor só. É como uma cor escura de estanho. Não há ângulos retos em nenhum lugar. É como se alguém pegasse um modelo e o fizesse com cera e depois a aquecesse por pouco tempo, então tudo derretia. Tudo parece estar fundido. Tudo tem um raio, uma curvatura onde dois itens se encontram.

É uma coisa muito estranha. Não havia quase nada, além de uma pequena escotilha dobrável, que parecia reconhecível. Tudo era realmente de fora desse mundo.


5. Todos os 9 OVNIs / UFOs na Área 51 eram realmente diferentes:

Um parecia com o que eu chamava de molde de gelatina. Parecia um molde clássico de gelatina com os lados ondulados. Um era um disco muito plano, como um chapéu de palha ou algo parecido.


6. Alguns dos OVNIs podem ser muito antigos:

Pelo menos um deles fazia parte de uma escavação arqueológica. Então … é velho. Pelo menos um deles é velho. Não sei se foi aquele em que trabalhei, mas lembro de algo relacionado a uma escavação arqueológica. Isso significa que não é apenas velho, é muito antigo.


7. Houve um combate físico sobre aquela reportagem inicial:

Depois de ser demitido do S4 por contar às pessoas sobre seu trabalho, levar amigos para assistir aos vôos de teste e filmar os discos, Lazar foi ao repórter investigativo George Knapp (também produtor no novo documentário). Ele se sentou para uma entrevista, mas, como Lazar lembra, ele nem sempre teve a ideia de ir ao ar. Quando Knapp finalmente disse que iria ao ar naquele noticiário das 5 da noite, Lazar teve dúvidas – e isso levou a uma briga física real pelo vídeo antes que ele fosse ao ar.

Acho que foi mais um “puxa-puxa” [pela fita]. Eu acho que nunca chegamos ao chão, mas ele pegou a fita, colocou no player e boom, o noticiário das 5 horas estava no ar.


8. A certidão de nascimento de Bob Lazar também desapareceu:

O documentário detalha como não há registro de que Lazar foi ao MIT ou Caltech, e que não há registros de seu emprego no Laboratório Nacional de Los Alamos. A teoria apresentada no documentário é que esse é o modo pelo qual o governo desacredita Lazar.

Aparentemente, este plano também se estende à certidão de nascimento de Lazar.


9. Bob Lazar não ganha dinheiro com nada disso:

Eu não recebo nenhum centavo com isso. Eu nem deixei vocês [Rogan] comprarem passagens de avião para eu vir aqui ou algo assim. Quando Jeremy visualizou o filme em Michigan, ele trouxe alguns milhares de dólares. Eu me assegurei de que US$ 2 mil fossem para programas de ciências nas escolas locais de ensino médio … Não aceito dinheiro com essas coisas.

(Fonte)


Você acreditando ou não na figura controversa de Bob Lazar, não se pode ignorar o fato de que até mesmo muitas das alegações do governo contra ele também são dúbias. A favor de Lazar há até mesmo um cientista da Lockheed Martin que confirma que ele trabalhou em engenharia reversa de OVNIs.

Onde está a verdade? Talvez logo ela baterá na nossa porta…

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários mais abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como ‘inapropriados’, acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.