web analytics

Trump ordena que os EUA estejam preparados para uma grande tempestade solar

Tempo de leitura: 2 minutos

“É necessário proteger os Estados Unidos da América dos efeitos nocivos de uma possível tempestade solar extrema ou de um ataque EMP” (uma arma de destruição maciça do tipo eletromagnético, que poderia estar ao alcance de certos grupos terroristas internacionais).
Trump ordena que os EUA estejam preparados para uma grande tempestade solar

Assim, o presidente Obama surpreendeu o mundo em outubro de 2016, dedicando uma ordem presidencial à ‘Coordenação de esforços para preparar a nação para eventos climáticos espaciais’ e agora, o presidente Trump também adotou uma série de medidas decisivas e na mesma direção.

Assim, na terça-feira da semana passada, a Casa Branca tornou pública toda uma nova ordem executiva presidencial, neste caso de Trump, “sobre a coordenação da resiliência nacional aos pulsos eletromagnéticos”.

Isso é comparável à do próprio Obama, apesar de agora incluir o pulso eletromagnético artificial (tempestades solares como aquelas abordadas na ordem presidencial de 2016 são consideradas uma espécie de ‘pulso eletromagnético natural’, ou GIC por sua sigla em inglês).

A própria Casa Branca deu um passo adiante com uma declaração oficial intitulada “Melhorando a preparação dos Estados Unidos para eventos climáticos espaciais”, e anunciando a aprovação paralela de uma nova estratégia e um plano de ação nacional para proteger a nação de fenômenos solares extremos.

A Casa Branca disse em seu novo comunicado:

Em 1859, a maior tempestade solar nos registros desencadeou um evento de pulso eletromagnético perigosamente poderoso, ou EMP, que provocou curto-circuito nas linhas telegráficas e iniciou incêndios. Em 1989, a Terra experimentou, novamente, um grande evento espacial, resultando em uma queda de energia de nove horas em Quebec e causando danos aos componentes da rede elétrica nos Estados Unidos.

Mais recentemente, na Suécia, os eventos climáticos espaciais em 2003 e 2015 resultaram em cortes de energia, desvio de voos comerciais e fechamento do espaço aéreo sueco por mais de uma hora. É por isso que o governo Trump publica um novo plano de ação e estratégia nacional para preparar melhor a infra-estrutura crítica e a segurança de nossa nação diante do próximo evento climático espacial. ‘

O foco de tudo isso, em suma, é reconhecer desde o início que tempestades solares e EMPs são questões que afetam a segurança nacional e ante as quais devem ser incentivadas e priorizadas a coordenação total entre todos os níveis da administração e com os atores do setor privado e da sociedade civil, melhorando os mecanismos de detecção, alerta e resposta, e tornando as medidas de resiliência e proteção um dos seus elementos essenciais para mitigar os piores efeitos desse tipo de evento, caso ocorram, e assim proteger a população dos Estados Unidos.

O fato é que os Estados Unidos estão levando muito a sério a proteção do país contra um possível fenômeno extremo do clima espacial de grande escala e a ameaça de EMP artificial, e com preocupação visível, além disso, sobre a adoção urgente de medidas efetivas perante ambos os tipos de ameaça eletromagnética natural e artificial.

(Fonte)


Tenho certeza que no Brasil e Portugal já estão preparados caso tais eventos ocorram… …só que não! 🙁