web analytics

O ex-senador americano quer que os estudos sobre OVNIs sejam públicos – caso brasileiro é mencionado

Tempo de leitura: 4 minutos
ex-senador americano quer que os estudos sobre OVNIs sejam públicos

O ex-senador americano pelo estado de Nevada, Harry Reid, continua a defender estudos renovados sobre o mistério dos OVNIs.

Em 2007, Reid e alguns colegas do Senado patrocinaram um programa secreto do Pentágono que investigava aeronaves misteriosas e fenômenos relacionados.

O programa teve com base o sul do estado de Nevada, mas esse esforço acabou seis anos atrás, e muito pouco do estudo foi divulgado. Agora, o senador não apenas espera que os Arquivos X sejam publicados, mas acha que deve haver um esforço renovado para chegar ao fundo das coisas.

O ex-líder da maioria no Senado, Harry Reid, disse:

Aposto qualquer coisa que a China esteja gastando para verificar isso, eu aposto com você que a KGB de Putin está gastando algum dinheiro verificando isso.

Ele deixou indícios duros de que sabe que os potenciais adversários Rússia e a China realizaram seus próprios estudos militares para descobrir como os OVNIs funcionam e como construir os seus próprios.

O chamado OVNI do Gimbal, acima, registrado por pilotos militares em 2015, é um das dezenas de objetos similares encontrados nas costas da Flórida e da Virgínia nos últimos três anos, segundo fontes do Pentágono.

O OVNI Tic Tac, acima, que movimentou o grupo USS Nimitz em 2004, não foi visto apenas por pilotos e câmeras, mas também por vários sistemas de sensores de alta tecnologia, como documentado em um relatório de 13 páginas escrito para o Pentágono. base do AAWSAP, que é o acrônimo original para o estudo patrocinado por Reid. O senador disse que essas naves não são nossas.

Repórter George Knapp: Qual é o interesse deles em nós? Por que eles estão zumbindo por aí?’

Ex-senador Harry Reid: Bem, vamos inverter isso. Por que estamos interessados ​​neles? Mesma resposta à sua pergunta, porque não sabemos.

Repórter George Knapp: O Tic Tac. As pessoas tentaram explicar isso, é quase um insulto aos nossos melhores pilotos e sensores. Foi real e nós não o entendemos?

Ex-senador Harry Reid: ‘Isso já vem acontecendo há muito tempo. Diz-se que esses avistamentos foram disparados por um foguete na Califórnia ou algo assim. As pessoas não querem, que estão em posições de responsabilidade, seja o Pentágono ou seja o que for, eles não querem ter que tentar explicar algo que muitas vezes não é explicável.

George Knapp (I-Team), à esquerda, entrevistando o ex-senador Harry Reid.

Reid diz que não leu pessoalmente todos os relatórios e artigos produzidos pelo estudo AAWSAP (Programa Avançado de Aplicações do Sistema de Armamentos Aeroespaciais), mas ele viu muito disso. Ele designou dois membros da equipe sênior para analisar praticamente tudo isso.

O Pentágono apenas confirmou a existência de 38 artigos científicos não classificados produzidos pelo estudo – cinco deles foram divulgados até agora. Mas o que mais está nos arquivos?

Reid confirmou anteriormente que o estudo investigou relatos de atividade de OVNIs em bases de mísseis nucleares americanos. Ele também diz que parte do foco estava em uma misteriosa fazenda no nordeste de Utah, uma propriedade que pertenceu ao empresário Robert Bigelow.

O I-Team descobriu que o estudo OVNI de Bigelow empregou mais de 50 pessoas em um determinado momento. Um dos 38 artigos conhecidos analisou as consequências prejudiciais para a saúde de pessoas que tiveram encontros imediatos.

O documento não foi divulgado, mas o cientista-chefe do programa falou sobre isso no ano passado em Las Vegas.

O Dr. Hal Puthoff, físico BAASS, disse:

Nós, como parte deste programa, observamos alguns casos que eram realmente bons do Brasil. Em 1977, 78, ocorreram Contatos Imediatos do Terceiro Grau, mil páginas de documentos feitos pela equipe de investigação da Força Aérea Brasileira, 500 fotografias, 15 horas de filmes em movimento, muitas lesões médicas quando as pessoas se depararam com essas embarcações. queima-roupa

O senador Reid queria transformar o estudo em um programa de acesso especial, diz ele, porque essa era a única maneira de obter acesso às informações e materiais produzidos por outros projetos classificados que estudaram a mesma questão.

Ele disse:

Outros programas foram feitos e eles têm informações, incluindo diferentes evidências.

Repórter George Knapp: ‘Você sabe o que essas evidências são?’

Ex-senador Harry Reid: Não, eu só ouvi rumores e não vou entrar em rumores, mas é por isso que eu queria acesso especial para ir até lá, e se eu não puder ir lá, que minha equipe fosse ver isso.

A questão permanece, ir ver o que?

(Fonte)

Colaboração: Marcelino Silva Melo


Veja abaixo o vídeo da entrevista, legendado pelo canal João Marcelo:

Interessante notar que, como mencionado acima e também informado num outro artigo no site silvarecord.com, um dos casos mencionados pelo Dr. Hal Puthoff foi o da Operação Prato. De acordo com este outro artigo, um dos documentos publicados, embora parecesse ser uma versão abreviada, é intitulado “Efeitos de Campo em Tecidos Biológicos”.

O artigo menciona o seguinte:

Um tema comum e um dos eventos OVNIs mais importantes de todos os tempos ocorreu na Ilha de Colares, Brasil. Agora parece que este DIRD (sigla em inglês para Documentos de Referência de Inteligência de Defesa), pelo menos parcialmente, faz referência a esse evento. Um dos tópicos mais debatidos na comunidade ovnilógica/ufológica é se “os outros” (ETs) são bons ou ruins. Alguém que considero extremamente importante acha que a proporção de experiências é de 75% bom a 25% ruim. Isso muito bem poderia ser preciso. Colares seria um exemplo dos 25% e, como me disse outro amigo, é um exemplo de que nem todos “os outros” são nossos ‘irmãos espaciais’.

Ao analisarmos toda casuística ovnilógica, parece muito evidente que estamos sendo visitados por mais de uma entidade de fora, seja lá onde “fora” for.

Mas é importante notar notar que, embora alguns casos envolvem a morte de humanos, estes são raros e a maioria dos casos parece focar, ou no estudo biológico da nossa raça, ou em mensagens de alerta para a humanidade, quando não se tratam de casos neutros.

Precisamos urgentemente do desacobertamento deste fenômenos; precisamos saber a verdade. 

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

Termos recém pesquisados por leitores: