Como cientista planeja salvar a humanidade da enorme rocha espacial

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

cientista planeja salvar a humanidade da enorme rocha espacial
A impressão de um artista de uma enorme rocha espacial que se aproxima da Terra (Imagem: Science Photo Library / Getty)

Um cientista revelou durante um documentário como ele poderia salvar a Terra de um asteroide devastador, depois que a NASA admitiu que uma rocha espacial poderia impactar a Terra futuramente.

O Apophis 99942 é uma rocha espacial de órbita próxima da Terra, com 3,2 quilômetros de largura, que continua a representar uma ameaça destrutiva. Observações iniciais da NASA em 2004 revelaram uma probabilidade de 2,7% dela poder atingir a Terra em 2029. Desde então, a agência espacial descartou essa data, revelando em fevereiro de 2013 que existe uma chance de 150.000 / 1 de impacto direto com a Terra em 2068.

No entanto, Jay Melosh, um geofísico norte-americano, pediu ao público que não tema, já que ele tem uma maneira genial de salvar o planeta, caso um asteroide esteja em rota de colisão.

Ele revelou durante a série Asteroid Trackers‘ da Amazon Prime (infelizmente indisponível no Brasil) como a NASA poderia tirar a rocha espacial de seu curso.

Ele disse:

No espaço, usaríamos um espelho como uma lupa.

Quando atingimos o asteroide, começamos a vaporizar o material e, quando vaporiza, o asteroide é empurrado para o outro lado.

Esse pequeno empurrão ao longo do ano irá empurrá-lo para fora de um curso de colisão e salvar a Terra.

Tudo o que precisamos fazer é mudar a velocidade do asteroide em um centímetro por segundo.

Jay Melosh revelou como ele salvaria a Terra (Imagem: AMAZON PRIME)

Melosh já fez uma previsão assustadora se um asteroide atingisse a Terra, revelando como isso poderia destruir uma cidade inteira.

Ele disse:

Com o Apophis, já está bem identificado que saberíamos muito bem onde impactará e quando.

Se algo como Apophis atingisse uma cidade – digamos caindo em Boston – poderia criar uma cratera de dez quilômetros de largura.

Quase toda a área metropolitana de Boston seria destruída.

O céu ficaria vermelho brilhante e você sentiria o calor como se houvesse seis sóis no céu.

Roupas iriam pegar fogo, você sofreria queimaduras de terceiro grau, seria devastador.

(Fonte)


Trata-se de uma proposta difícil de implementar e provar sua eficiência. Mas mesmo se conseguirem tal feito, só gostaria de saber o que farão quando uma enorme rocha espacial aparecer de surpresa, vindo em curso de colisão direto com a Terra, como já ocorreu algumas vezes, sem tempo para tal reagir.

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.