web analytics

Objetos luminosos caem sobre localidade da Espanha

Tempo de leitura: 2 minutos

* Conteúdo da matéria ainda necessitando informações adicionais ou provas mais concretas para constatar a veracidade dos fatos, mesmo se vindo de fontes fidedignas. (Missão do OVNI Hoje)

Objetos luminosos caem sobre localidade da Espanha
Um dos objetos impactou o telhado de uma casa desocupada.

“Chuva de meteoros”, luzes que caem do céu … Assim descreveram as testemunhas à imprensa local sobre o que aconteceu no último domingo (10) em Cogollos de Guadix, na Espanha, onde vários objetos não identificados caíram do céu atingindo um telhado e outros locais da periferia da cidade de Granada.

“Não sabemos se é um meteorito, um pedaço de avião ou simplesmente um deslizamento de terra”, disse Eduardo Martos, o prefeito de uma cidade, na qual não se fala de nada além da queda de vários OVNIs. Deve-se deixar claro que objetos voadores não identificados não são a mesma coisa que discos voadores.

O que algumas testemunhas viram, segundo o jornal Ideal, são as luzes que cruzaram o céu, algumas delas caindo sobre a localidade que fica dentro do Parque Natural da Serra Nevada.

No entanto, embora alguns moradores locais falem sobre meteoritos em alta velocidade, sua natureza e origem são desconhecidas. Assim, o prefeito entrou em contato com a Universidade de Granada para mandarem alguém para estudar o que aconteceu e determinar o motivo do incidente.

O mais sonoro dos impactos e que gerou mais agitação é o que ocorreu no telhado de uma casa, causando um buraco com cerca de dois metros de diâmetro. O objeto que o produziu ficou preso na câmara de ar entre o telhado e o teto e ainda não foi possível acessar a casa porque seus proprietários não residem em Cogollos de Guadix.

Enquanto aguarda o esclarecimento do que aconteceu, a ABC entrou em contato com um especialista que não acredita que seja um meteorito. José María Madiedo, professor da Universidade de Huelva e membro da Rede Espanhola de Pesquisa sobre Bólidos e Meteoros, explicou a esse jornal que “a queda de um meteoro gera uma bola de fogo que pode ser vista a centenas de quilômetros de distância”. e não é isso que as testemunhas dizem.

Ele também observa que, quando se trata de um meteoro, também há um ruído alto que afeta uma área muito maior do que uma única localidade, bem como ‘um terremoto’, que não foi registado, é ouvido.

A teoria deste especialista é que o fenômeno poderia ser a queda de um raio globular, uma descarga elétrica esférica que cai na terra.

(Fonte)


Ao procurar notícias mais recentes sobre mais alguma descoberta sobre este caso, não obtive sucesso.

O mistério persiste.