web analytics

Astrônomos avistam objeto estranho orbitando a Terra

Tempo de leitura: 2 minutos
Astrônomos avistam objeto estranho orbitando a Terra

Os astrônomos estão perplexos com a observação de um misterioso pedaço de detrito espacial que orbita nosso planeta, chegando a passar cerca de 600 km da superfície em seu perigeu. Acredita-se que este entulho espacial não seja mais que o lixo de algum lançamento, no entanto, os cientistas não sabem especificamente o que poderia tê-lo gerado.

O objeto luminoso orbita com um padrão imprevisível, como se fosse um ‘saco de lixo vazio’ impulsionado por rajadas de vento. É por isso que esse tipo de objeto é conhecido como ETBO (sigla em inglês para Empty Trash Bag Object). Os cientistas acreditam que este satélite artificial da Terra nada mais é do que um pedaço de material leve, como uma folha de alumínio deixada para trás pelo lançamento de um foguete.

No entanto, apesar de seu peso, estima-se que o objeto tenha vários metros de comprimento. O avistamento incomum ocorreu na sexta-feira passada (25), quando o telescópio ATLAS, em Haleakala, no Havaí, registrou-o em órbita.

Mais tarde, os astrônomos dos Observatórios Northolt Branch, em Londres, analisaram-no e identificaram-no como um ETBO, e também deram a ele um nome: A10bMLz.

O Observatório Northolt Branch informou em sua página do Facebook:

O A10bMLz é um satélite da Terra, observado pela primeira vez por ATLAS-HKO, em Haleakala, em 25 de janeiro. Ele tem uma órbita retrógrada e incomum em torno do nosso planeta (i = 121 °), a uma distância média de 262.000 km (0,68 distâncias lunares). A órbita é altamente elíptica, com um perigeu (ponto mais próximo) de apenas 600 km acima da superfície da Terra e um apogeu 1,4 vezes mais distante que a Lua. No momento da observação, o A10bMLz estava a 293.000 km.

Astrônomos avistam objeto estranho orbitando a Terra 1

Esses ‘sacos de lixo’ foram avistados pelos astrônomos muitas vezes antes, mas o A10bMLz os surpreendeu por causa da grande distância que ele orbita. Dada a leveza do objeto, é possível que seja empurrado ao redor da Terra pela pressão vinda da radiação solar. Ele carrega sua “órbita caótica em escalas de tempo que vão de dias a semanas”, tornando impossível prever em qual direção ele se moverá no futuro. No entanto, o Observatório Northolt Branch acredita que o objeto acabará queimando na atmosfera da Terra em semanas ou meses.

(Fonte)


Objeto espacial que acelera e desacelera sem um sistema de propulsão. Onde é mesmo que eu já vi isso antes?

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS: