web analytics

Espaço do Leitor: A Terceira Guerra Mundial poderá começar a qualquer momento!

Tempo de leitura: 2 minutos

Se você está atento às últimas notícias internacionais, deve saber que a crise na Venezuela atingiu um nível crítico, com o chefe da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, se declarando presidente interino do país vizinho, à revelia de Nicolás Maduro, cujo governo é tido como ilegítimo. Acontece que esse imbróglio pode se escalonar a um conflito militar e causar a tão temida Terceira Guerra Mundial, agora em 2019. Para isso, basta ver o mapa abaixo, que mostra os países que estão apoiando Maduro e Guaidó e ver que, dentre eles, há duas superpotências em lados opostos: EUA e Rússia, ambas com forte poderio bélico e nuclear.

Se você ainda duvida, acompanhe a minha linha de raciocínio:

  • Após o juramento de Juan Guaidó, Nicolás Maduro fez um longo discurso aos seus apoiadores no Palácio de Miraflores, sede do Governo. Neste discurso, ele cortou relações com os EUA e exigiu que os diplomatas daquele país deixassem a Venezuela em até 72 horas.
  • Agora responda: os diplomatas dos EUA vão deixar a Venezuela? Claro que não! Com isso, as tropas de Maduro poderão invadir as representações diplomáticas dos EUA e prender (ou, na pior das hipóteses, matar) os embaixadores americanos. Isso seria o estopim para que Donald Trump ordenasse uma invasão militar àquele país (a falta de orçamento devido à questão do muro não seria um empecilho, pois Trump poderia assinar um decreto emergencial ou algo assim).
  • Caso os EUA venham a realizar uma intervenção militar na Venezuela, a Rússia, que já alertou o país contra tal atitude, provavelmente atacaria os EUA e também mandaria suas tropas para o país sul-americano.
  • Com a chegada da Rússia, os países do Grupo de Lima, incluindo, aí o Brasil, também enviariam suas tropas para a Venezuela para defender Guaidó.
  • Em pouco tempo, China e Coreia do Norte, que já tem um longo histórico de tretas com os EUA, se juntariam à Rússia na investida militar contra os EUA.
  • Os países da União Europeia, que expressaram timidamente seu apoio a Guaidó e têm uma rixa de longa data com a Rússia devido, dentre outras coisas, à questão da Ucrânia, se juntariam aos EUA e passariam a atacar o país de Putin.
  • A Coreia do Sul e o Japão, antes inimigos, caso se sentissem ameaçados, poderiam se unir para atacar a Coreia do Norte.
  • Os países árabes, em especial a Síria, poderiam também se unir à Rússia para por em dia suas diferenças com os americanos.

Enfim, todas essas possibilidades são viáveis. Resta saber duas coisas: a) quem acenderá o barril de pólvora e b) quem nos salvará de nós mesmos.

-André F. Machado


O Espaço do Leitor é disponibilizado àquelas pessoas que queiram compartilhar suas experiências, pensamentos e opiniões relacionadas aos temas tratados neste site.

No caso da Terceira Guerra Mundial, mesmo que não pareça ter algum relacionamento com os temas aqui apresentados, tem sim uma ligação, embora indireta, pois há muitos relatos de militares dizendo que os OVNIs têm aparecido, e muitas vezes inutilizado armamentos nucleares em bases militares por todo o mundo.

Caso uma guerra nuclear ocorra em nosso planeta, já que os homens não parecem ter juízo, somente uma ajuda de fora poderá cessar essa insanidade.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

Termos recém pesquisados por leitores: