web analytics

Vida é encontrada a mais de 1000 metros abaixo do gelo da Antártica

Tempo de leitura: 2 minutos
Vida é encontrada a mais de 1000 metros abaixo do gelo da Antártica

Pesquisadores do projeto Acesso Científico a Lagos Subglaciais da Antártica (SALSA, por sua sigla em Inglês) encontraram vida em amostras de água do Lago Mercer, na Antártica, enterrada sob uma geleira, o que representa um dos ambientes mais extremos do Terra

A equipe de especialistas conseguiu retirar as amostras em questão, depois de perfurar o gelo com mais de 1 km de espessura para alcançar a água líquida.

John Priscu, professor de ecologia polar na Universidade de Montana (EUA) e líder da missão, disse:

Os primeiros estudos da água obtida mostraram a presença de cerca de 10.000 células bacterianas por mililitro

Esse número de bactérias representa uma grande quantidade para as massas de água que estão escondidas sob a calota de gelo e sem a luz do Sol, embora seja apenas cerca de 1% do volume que pode ser encontrado no oceano aberto.

Um sinal da presença de animais?

O achado de bactérias sugere que na água subterrânea mais profunda também pode existir outras formas de vida mais avançadas, como animais microscópicos, suspeitam os cientistas.

Priscu disse que os pesquisadores têm planos para começar sua busca:

Vimos muitas bactérias e o sistema [do lago] tem matéria orgânica suficiente, então presumivelmente pode conter formas de vida mais altas.

Ele disse que os pesquisadores têm planos de realizar sua pesquisa, mas somente dentro de outro par de meses.

Vida é encontrada a mais de 1000 metros abaixo do gelo da Antártica 1
A expedição no lago subglacial Mercer, na Antártica Ocidental. Nesta foto você pode ver o braço do guindaste equipado com uma broca.

O lago Mercer mede quase 160 quilômetros quadrados e foi descoberto há mais de uma década através de imagens de satélite, mas nunca havia sido explorado antes. É um lago subglacial hidraulicamente ativo, localizado a mais de um quilômetro abaixo da Planície de Gelo de Whillans, uma seção de movimento rápido da camada de gelo da Antártica Ocidental. Ele é um dos 400 lagos que se encontram sob o gelo da Antártida, e especialistas dizem que qualquer vida poderia gerar esperança de encontrar corpos semelhantes dentro de Marte ou nas luas cobertas de gelo de Júpiter e Saturno cobertos.

(Fonte)

n3m3