web analytics

Astrônomos dizem que logo encontrarão o Planeta X

Tempo de leitura: 2 minutos
Astrônomos acreditam que logo encontrarão o Planeta X

Os planetologistas obtiveram fotos detalhadas das áreas no espaço em que, de um ponto de vista hipotético, o misterioso nono planeta do sistema solar pode estar localizado. 

Segundo o astrônomo norte-americano Michael Brown, as fotografias ajudarão a descobrir o planeta gigante. 

Ele disse:

Conseguimos passar sete dias inteiros de observação. Se houver um ‘planeta X’ lá fora, ele estará nos dados coletados. Eles cobrem 85% da área no espaço onde o planeta deveria estar. 

No início de janeiro de 2016, Michael Brown e seu colega Konstantin Batygin anunciaram que haviam calculado o estado de um misterioso ‘planeta X’ – o nono planeta do sistema solar. 

Acredita-se que este planeta está a 41 bilhões de quilômetros do Sol e tem uma massa cerca de dez vezes maior que a da Terra. 

Os cientistas estimam que o Planeta X orbita o Sol a cada 15.000 anos 

A localização exata do planeta ainda não foi determinada, mas sabe-se que a órbita do corpo celeste está inclinada em 30 graus em relação ao plano de rotação dos outros planetas. 

Brown e Batygin ainda não alcançaram nenhum sucesso significativo em sua busca pelo ‘Planeta X’ e só conseguiram identificar a área de busca. Como Brown afirma, no entanto, ele tem 80% de certeza de que o planeta pode ser encontrado em breve.

(Fonte)


Há décadas os astrônomos têm suspeitado da existência de um enorme planeta que ronda o nosso sistema solar. Naquela época, Plutão ainda era considerado um planeta (o nono), assim qualquer outro planeta além de Plutão seria considerado o décimo, ou X em números romanos.

Como já era de se esperar, a suspeita dos astrônomos de que havia mais um planeta lá fora deu um fôlego extra à teoria de Nibiru, o lendário planeta que, de acordo com textos sumérios, visita a Terra a cada três dúzias de milênios.

Também, como é de se esperar, os astrônomos profissionais e as agências espaciais mundiais negam veementemente que Nibiru exista – ou se existe, não está próximo da Terra, como muitos teóricos da conspiração acreditam.

Mesmo assim, Planeta X e Nibiru se tornaram sinônimos na comunidade extra científica, e há quem diga que estamos prestes a ser visitados por este misterioso corpo celeste, pois a forma com que a natureza tem se manifestado em nosso planeta – com terremotos mais frequentes e estranhezas climáticas – abre ainda uma margem maior para quem acredita nisso.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores: