web analytics

O que são realmente os Objetos Voadores Não Identificados – OVNIs?

Tempo de leitura: 4 minutos

O artigo abaixo foi escrito por MJ Banias, para o site mysteriousuniverse.org:

O que são realmente os Objetos Voadores Não Identificados - OVNIs?

Eu não sei o que são os OVNIs, mas sei de uma coisa. Posso dizer com confiança que, de acordo com centenas de milhares de relatórios em todo o mundo e voltando ao longo de vários milênios, os seres humanos têm um talento especial para encontrar coisas inexplicáveis.

Isso significa que toda anomalia é uma mensagem de espíritos, seres alienígenas ou entidades místicas? Não. Só porque alguém viu algo não significa que seja real, objetivo ou honesto. A mentira e as alucinações são fenômenos autênticos. Além disso, muitas coisas que antes eram assustadoras para nossa pequena espécie já foram explicadas. Sabemos que a peste bubônica não é causada por espíritos malignos e que o raio não é a ira de um deus vingativo.

Dito isto, ainda há muitas coisas que escapam da nossa explicação. Muitos mistérios permanecem, e avistamentos e eventos bizarros continuam a nos assombrar. De fato, um dia, muitos desses eventos estranhos serão explicados à medida que aumenta nossa capacidade de aprender, crescer e entender as mudanças. Continuaremos a desenvolver. Com tudo isso dito, erros e ilusões acontecem, mas podemos afirmar que nada está fora do conhecimento humano atual?

Ainda temos muito a aprender.

Os OVNIs, como fenômeno objetivo e cultural, é indefinível. O escritor e acadêmico Dr. Jeffrey Kripal, em seu livro  The Super Natural: A New Vision of the Unexplained  (O Sobrenatural: Uma Nova Visão do Inexplicável – título em tradução livre), compara o ‘fenômeno OVNI’ com ‘uma cesto de lixo de problemas?’.

Ele escreve:

O fenômeno OVNI não é uma coisa única. É um conjunto amplo de coisas que estão constantemente sendo confundidas e misturadas.

Tendemos a manter pressupostos, a grande maioria dos quais são influenciados por nossas culturas, histórias e mitologias coletivas, sobre exatamente o que acreditamos ser o fenômeno OVNI. Jogamos todas essas suposições no cesto de lixo, criando uma mistura caótica de ideias que têm pouca rima ou razão para estarem juntas. À medida que continuo a estudar tanto a comunidade quanto o fenômeno, não sei como definir adequadamente o termo ‘fenômeno OVNI’.

Colocamos abduções alienígenas e contato extraterrestre junto com ver luzes estranhas e objetos desconhecidos no céu. A canalização de entidades ou espíritos interdimensionais, e até mesmo a atividade poltergeist, frequentemente acompanham os avistamentos de OVNIs. Avistamentos de Sasquatch (Bigfoot ou Abominável Homem das Neves) frequentemente acompanham orbes e luzes aéreas. Tudo isso faz parte do enigma dos OVNIs?

Embora o termo ‘OVNI’ em si tenha começado como uma resposta militar da Guerra Fria Americana aos ‘foo fighters‘ e discos voadores, muitas vezes ele foi misturado com fenômenos parapsicológicos, como visão remota e telepatia. E que tal avistamentos antigos e relatos de fadas, duendes e elfos? Várias outras criaturas modernas como o Mothman e o Monstro de Flatwoods também têm conexões com o fenômeno OVNI. E o que dizer sobre as crenças místicas da Nova Era, cultos ufológicos, demonologia, projetos aeroespaciais militares secretos, ver fantasmas de entes queridos falecidos e experiências de quase morte?

É impossível fazer distinções adequadas.

O fenômeno OVNI é incrivelmente difuso, não por causa do número de avistamentos, mas porque parece se misturar com uma vasta gama de construções mitológicas já estabelecidas ou que em breve serão estabelecidas. Curiosamente, é possível traçar as várias mudanças no pensamento ovnilógico/ufológico ao longo do século. De criaturas mitológicas ancestrais a bactérias malignas invasoras de Marte, a discos voadores pilotados por homens de Vênus, a extraterrestres grays e nórdicos de estrelas distantes, a ultraterrestres e seres interdimensionais passando por portais, a ‘Outros’ pilotando naves TicTac, o fenômeno OVNI tem sempre sido simbioticamente ligado a motivos culturais mais amplos, ansiedades e ideologias. O fenômeno OVNI é indefinível porque nossas culturas assim o são. Os OVNIs são os fantasmas que assombram o nosso espírito socio-cultural, e nós, por sua vez, assombramos os OVNIs e os fazemos reflexos de nós. É impossível entender o que são os OVNIs porque, fundamentalmente, ainda não entendemos o que nós somos.

Nossas ideologias culturais estão constantemente mudando. Nossos valores e visão de mundo evoluem. Parafraseando o filósofo Guy Debord, nós vivemos dentro e como ‘representações’ do real, em um espetáculo da realidade, e não totalmente no próprio ‘real’. Isso levanta uma questão fundamental. Quais construções ideológicas contemporâneas moldarão a realidade do OVNI daqui para frente?

Com as revelações do ano passado sobre o Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais e o Programa de Aplicação de Sistemas Avançados de Armas Aeroespaciais, uma estrutura muito específica continua se formando em torno do fenômeno. Ex-oficiais de inteligência e atuais contratados para defesa estão envolvidos na To the Star Academy of Arts and Science, de Tom DeLonge. Aprendemos que o Departamento de Defesa colocou suas botas no chão do Skinwalker Ranch, em Utah, bem como outros supostos ‘pontos de equilíbrio paranormais’. Sabemos que hoje, uma empresa privada de segurança corporativa monitora o portão de Skinwalker. Quanto tempo antes que uma séria discussão envolvendo meta-materiais se volte para o potencial de fabricação de armas e equipamentos militares? Enquanto o tropo da conspiração militar tem uma longa história na narrativa ovnilógica/ufológica, as linhas entre conspirações absurdas e investimento factual no estudo dos OVNIs estão se desfazendo.

Com empreiteiros de defesa e atuantes no jogo de inteligência militar abertamente indo para a cama com a comunidade ovnilógica/ufológica, eu sou o único que está um pouco nervoso?

Como o autor Robbie Graham apontou em seu livro, Silver Screen Saucers, os militares sempre tentaram ajudar na criação de filmes fictícios baseados em OVNIs. No entanto, parece que eles estão muito mais envolvidos nos aspectos factuais da ovnilogia/ufologia, e se a intenção deles em filmes dramáticos é administrar a mensagem, que ideologias e sistemas hegemônicos estão sendo estabelecidos quando se trata da coisa “real”?

Se 2017 nos mostrou alguma coisa, é que os princípios e ideias dentro da pesquisa sobre OVNIs podem mudar rapidamente. Se alguém me perguntasse em 2016 se a maioria da comunidade ovnilógica/ufológica confiava em certas organizações militares e de inteligência, eu teria gargalhado. Hoje, meu feed do Twitter fala muito da industrial militar. Estamos sendo vendidos que esse fenômeno é uma ameaça e que o armamentismo faz parte da solução?

Eu não estou sugerindo que há uma conspiração ou alguma cabala secreta. Realmente não precisa haver. A comunidade OVNI é refletiva e reflexiva, e todo movimento cultural é influenciado por uma ampla coleção de experiências e eventos. A única realidade ovnilógica/ufológica da qual podemos ter certeza é que a realidade está mudando.

Em retrospecto, talvez a única coisa que eu sei sobre OVNIs é que eu não sei nada.

(Fonte)


Estamos realmente vivendo em tempos interessantes no que diz respeito ao fenômeno OVNI. Agora que este fenômeno já foi comprovado oficialmente, muitos lançaram uma grande pergunta no ar: É justificável uma corrida armamentista para se prevenir de um possível ataque pelos responsáveis por esses misteriosos objetos?

Para mim a resposta é muito clara, e ela é um grande e incisivo NÃO!  Afinal, se considerarmos os registros de avistamento de OVNIs que vêm desde os tempos bíblicos através de toda nossa história (isto sem considerar as pinturas rupestres do Idade da Pedra ilustrando seres e naves no céu), se “eles” – seja quem “eles” são – quisessem atacar nosso planeta, já o teriam feito há muito tempo.  Mas, é claro, isto não significa que eles não tenham uma agenda de exploração da raça humana, e que estejamos sendo cuidados assim como um fazendeiro cuida de seu gado.

n3m3