NASA fornece US$ 7 milhões para entidade detectar vida extraterrestre

Tempo de leitura: 2 min.
NASA fornece US$ 7 milhões para entidade detectar vida extraterrestre
Possível vida extraterrestre. Top image: Xenobiology by Abiogenesis on DeviantArt

O desenvolvimento de um novo tipo de sistema de detecção de vida extraterrestre atraiu tanto a atenção da NASA que a organização espacial concedeu cerca de US $ 7 milhões para um esforço visando isto. Esta invenção poderia ser usada em Marte, dizem os cientistas.

Laboratory for Agnostic Biosignatures terá o poder de realizar uma nova classe de abordagens de detecção de vida, desde o subsolo de Marte até os pontos mais distantes de nosso sistema solar. O projeto interdisciplinar será usado em missões planetárias.

“Mais de uma vez, temos sido atropelados pela estranheza indescritível de outros mundos”, disse Sarah Stewart Johnson, da Universidade de Georgetown, nos EUA.

“No entanto, a busca por vida extraterrestre muitas vezes se opõe às suposições que surgem de experiências com a detecção de vida na Terra”, disse a investigadora principal do projeto.

O objetivo da NASA é explicitamente descartar a noção de que a vida no espaço será como a vida aqui na Terra. O Programa de Astrobiologia concedeu o subsídio de sete milhões de dólares para atender a esse propósito.

“Detectar a vida de maneira agnóstica significa não usar características particulares da vida terrestre”, disse a vice-investigadora principal Heather Graham, do Centro de Vôos Espaciais Goddard da NASA.

Graham acrescentou que a equipe pode considerar estados de desequilíbrio com o ambiente circundante, como a complexidade química evidente ou a acumulação inesperada de elementos químicos.

O objetivo é também buscar padrões de transferência de energia, na esperança de que tal peculiaridade possa sinalizar aos pesquisadores sobre a existência da vida.

O projeto baseia-se na identificação de indicadores que não são tendenciosos em relação ao tipo específico de bioquímica encontrado na Terra. Os métodos de detecção de vida também devem ser adequados para eventual implementação em missões de voo.

“Nosso objetivo é ir além do que atualmente entendemos, e encontrar maneiras de buscar formas de vida que mal podemos imaginar”, disse Johnson.

O Laboratório de Bioassinaturas Agnósticas tentará explorar diferentes maneiras de pensar sobre a descoberta da vida em termos de probabilidades e limiares, em oposição à busca de um simples “sim” ou “não” sobre se a vida foi descoberta.

“Quando você está procurando por vida extraterrestre, os resultados podem ser mais confusos do que apenas ‘sim, nós achamos a vida’ ou ‘não, não encontramos’, disse Johnson.

“Para fazer isso, precisamos pensar menos sobre se a vida se encaixa com nossos preconceitos sobre o que é vida e mais sobre como quantificar a diferença entre o que vemos e o que podemos esperar de um ambiente abiótico”, disse ela.

Os pesquisadores estão otimistas de que este projeto apoiará esforços computacionais para desenvolver modelos probabilísticos e teóricos, alguns dos quais dependerão de técnicas avançadas de algoritmos e aprendizado de máquina.

Ele também supervisionará a análise de uma ampla gama de substratos orgânicos e inorgânicos, inclusive extratos abióticos de meteoritos, que serão usados ​​para desenvolver e aperfeiçoar essas ferramentas e algoritmos, disseram.

(Fonte)


Não acha que complicaram a “receita da maionese”? Até mesmo esses 7 milhões investidos na pesquisa séria dos OVNIs aqui na Terra poderia provar para eles a existência de vida extraterrestre, sem precisar “viajar na maionese”.

E para aqueles que acreditam na teoria da evolução, é fácil descartar que a vida extraterrestre seja muito diferente do que conhecemos, pois, como disse Sam Levin, pesquisador para o Departamento de Zoologia da Universidade de Oxford:

Ao prever que os extraterrestres passaram por grandes transições – que é como a complexidade surgiu em espécies na Terra – podemos dizer que existe um nível de previsibilidade para a evolução, o qual faria com que eles se pareçam como nós.

Qual é a aparência da vida extraterrestre inteligente?

n3m3

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.