web analytics

Descoberta de água em Júpiter aumenta as chances da existência de vida no gigante gasoso

Tempo de leitura: 2 minutos
Descoberta de água em Júpiter aumenta as chances da existência de vida no gigante gasoso

A grande mancha vermelha de Júpiter contém água, e pode ter vida microbiana, ou até mesmo algo mais sofisticado.

Os cientistas revelaram a descoberta de água nas profundezas da famosa Grande Mancha Vermelha.

Observada pela primeira vez através de telescópios nos anos 1600, esta característica atmosférica distinta é uma enorme tempestade anticiclônica do tamanho da Terra que tem intrigado os cientistas durante séculos.

Mais recentemente, uma equipe de pesquisadores tem investigado a superfície da Grande Mancha Vermelha em um esforço para procurar algo que os cientistas esperavam encontrar em Júpiter por anos – a água.

Máté Ádámkovics, astrofísico da Universidade Clemson, nos EUA, disse:

Ao formularmos e analisarmos dados obtidos usando telescópios terrestres, nossa equipe detectou as assinaturas químicas da água bem abaixo da superfície da Grande Mancha Vermelha de Júpiter.

Júpiter é um gigante gasoso que contém mais de duas vezes a massa de todos os nossos outros planetas combinados. E apesar de 99% da atmosfera de Júpiter ser composta de hidrogênio e hélio, mesmo frações solares de água em um planeta deste tamanho seria para muita água – muitas vezes mais água do que temos aqui na Terra.

A descoberta é importante, não apenas porque nos ajuda a entender mais sobre a estrutura de Júpiter, mas também porque aumenta a probabilidade de encontrar a chamada vida ‘exótica’ na atmosfera do gigante gasoso.

A NASA havia afirmado anteriormente:

Em certas altitudes na atmosfera de Júpiter, existem produtos químicos que são necessários para algum tipo de forma de vida exótica.

As temperaturas são quentes o suficiente e os relâmpagos podem fornecer energia que impulsiona as reações químicas necessárias para a vida.

Se realmente existe vida lá, a Grande Mancha Vermelha certamente parece ser um lugar ideal para procurá-la.

(Fonte)


Quem diria!? Agora os cientistas estão falando até na possibilidade de vida no grande planeta gasoso. Obviamente não será vida que consideraremos inteligente, mas vida é vida, e se lá ela estiver, quem dirá então em lugares mais aconchegantes.

n3m3