Sonda Cassini descobre que Lua de Saturno possui características muito similares às da Terra

Tempo de leitura: 2 minutos
Lua de Saturno possui características muito similares às da Terra

Renderização artística da lua Titã, de Saturno. Crédito: NASA

Os dados da sonda espacial Cassini da NASA foram extremamente úteis, mesmo após sua extinção. Eles ajudaram os astrônomos a descobrirem que a lua de Saturno, Titã, possui características semelhantes às da Terra.

A Cassini criou um mapa global da lua daquele planeta, que combina todos os dados topográficos de várias fontes. Os dados revelaram várias características novas, inclusive novas montanhas na superfície da lua, mas nenhuma superior a 700 metros.

O mapa também mostra os altos e baixos da topografia da lua, o que ajudou os cientistas a confirmarem que dois locais na superfície, localizados na região equatorial, são depressões que podem ser antigos mares secos ou fluxos criovulcanicos.

Foi revelado que Titã é um pouco achatada nos pólos, do que se pensava anteriormente. Isso sugere que a crosta da lua é mais espessa do que se imaginava.

Paul Corlies da Universidade de Cornell nos EUA, disse: “O principal ponto do trabalho foi criar um mapa para uso da comunidade científica”.

O mapa de dados é importante e útil na modelagem do clima de Titã, estudando a forma e a gravidade da lua e testando grandes modelos de interiores.

Os pesquisadores também descobriram que os três mares de Titã compartilham uma superfície equipotencial comum, ou seja, eles formam um nível do mar, assim como os oceanos na Terra fazem.

Os oceanos em Titã estão todos na mesma elevação, ou porque os canais entre eles permitem que suficiente líquido passe de um mar ao outro, ou porque há um fluxo através da subsuperfície entre os mares.

Alex Hayes, professor assistente da Universidade de Cornell, disse: “a grande maioria dos lagos de Titãs se sente em depressões que parecem que você usou um cortador de bolachas e cortou buracos na superfície de Titã”.

Os lagos estão rodeados por cumes de centenas de metros de altura. Os lagos também estão topograficamente fechados sem canais de entrada ou de saída.

(Fonte)

Embora a constituição química da atmosfera dessa misteriosa lua de Saturno sejam totalmente diferentes da Terra, e seus mares e o líquido de seus mares e lago não sejam água, mas provavelmente de metano e etano líquidos, alguns cientistas acreditam que lá possa existir vida. Veja:

Vida alienígena pode existir em Titã, uma das luas de Saturno

n3m3