web analytics

Perplexo, astrônomo chileno observa OVNI / UFO por 35 minutos

Tempo de leitura: 2 minutos
Quem disse que astrônomos não avistam OVNIs? Pois um deles acaba de fotografar um!  Veja:

Roberto Antezana é um famoso astrofísico criterioso no Chile e, geralmente, é capaz de explicar tudo que vê. Porém, agora ele esta falando sobre algo que viu em 31 de maio de 2017, que o deixou perplexo.

Roberto mora em Santiago do Chile, e faz fotos espetaculares dos fenômenos que pode captar no céu, as quais ele tem tirado do topo de montanhas que cercam aquela cidade.

Perplexo, astrônomo chileno observa OVNI / UFO por 35 minutos 1

Em 31 de maio passado, ele revelou sua primeira experiência com um estranho fenômeno que viu no céu.

Roberto já viu milhares de fenômenos durante seus 40 anos usando observatórios ao redor do mundo. Em 31 de maio ele viu algo que não foi capaz de explicar e que o deixou totalmente confuso. Ele diz ter visto um misterioso objeto no céu, que estava se movendo do oeste para o leste, e em velocidades variadas. Roberto disse que o objeto acelerava e então reduzia sua velocidade, e que fez isso por pelo menos duas vezes enquanto ele o seguia.  Ele ainda disse que na posição de zênite o objeto parou por cinco minutos, e então mais uma vez começou a acelerar para o leste.

Perplexo, astrônomo chileno observa OVNI / UFO por 35 minutos 2

Roberto disse que ficou vendo o objeto por aproximadamente 35 minutos. Ele declarou ter visto duas manchas claras, as quais haviam sido criadas pelo estranho objeto.

Perplexo, astrônomo chileno observa OVNI / UFO por 35 minutos 3

O astrônomo não acha que se tratava de um satélite, pois o objeto se movia em velocidades diferentes, acelerou e reduziu sua velocidade por duas vezes enquanto ele o assistia, e até mesmo fez uma parada no céu, pairando por mais de cinco minutos, antes de ir para o leste novamente.

Algumas pessoas sugeriram que aquilo que Robero Antezana viu foi o lançamento do satélite QZS-2 do Japão, que foi lançado às 00h17 UTC.  Contudo, Roberto questiona o fato de que foguetes e satélites não aceleram e então param, e então produzem duas formações similares a cometas.

Também, se fosse um satélite ou foguete, não estaria lá durante os 35 minutos para que ele o observasse.

Isto é algo que Roberto Antezana não é capaz de decifrar.

Um dos principais argumentos que os céticos utilizam para criticar o fenômeno dos OVNIs é o fato de alegarem que astrônomos, os quais têm seus olhos voltados para o céu boa parte de seus tempos, nunca terem visto nenhum OVNI.  Nas verdade, esta é uma grande falácia, pois até mesmo o homem que descobriu Plutão, Clyde Tombaugh, declarou ter avistado três OVNIs. Os outros astrônomos que dizem nunca terem visto nada de anormal em suas observações estão simplesmente se protegendo da zombaria dos ignorantes, e se protegendo da perda em potencial de financiamento para seus trabalhos ou das dores de cabeça de terem que se explicar.

Simplesmente lhes falta coragem, nada mais. 

n3m3

Fonte