Milhares de aves desnorteadas em suas migrações invadem cidades em todo mundo

Compartilhe este artigo com a galáxia!
Tempo de leitura: < 1 min.

Aves desnorteadas obviamente este artigo não tem nada a ver com OVNIs (pelo que saibamos), mas é de fato algo interessante. 

Neste mês de janeiro, foram registradas centenas de milhares de pássaros em todo o mundo desnorteadas durante sua migração, invadindo cidades.  Talvez o caso mais impactante seja o que ocorreu em 20 de janeiro na cidade de Houston, no Texas – EUA, onde as aves chegaram a se chocar com os automóveis na rodovia. Muitas pessoas começaram a falar em sinais apocalípticos, enquanto outras disseram que não passavam de pássaros em migração. Mas vale registrar que, pelo menos no caso de Houston, isto nunca aconteceu antes neste nível.

Estariam os pólos começando a inverter, como muitos têm dito que irá acontecer?Veja a baixo um breve vídeo das aves em Houston, provavelmente corvos, seguido por um outro vídeo mostrando o que tem ocorrido este mês em todo o mundo:

 

n3m3

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PROFECIA? UM VÍRUS CHAMADO WUHAN-400 APARECE EM ROMANCE DE 1981

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.