web analytics

Novidades sobre o agroglifo de Prudentópolis

Tempo de leitura: 1 minuto

agroglifo-prudentopolisA quem possa interessar, Ademar Gevaerd publicou a seguinte nota no Facebook:

Amigos, há mais três investigadores PROFISSIONAIS EM VÁRIAS ÁREAS que estão engajados na pesquisa do agroglifo de 27 de setembro em Prudentópolis (PR). São eles o especialista em eletrônica da Infraero e responsável pelo sistema de radiocomunicação digital do Aeroporto Afonso Pena Alcides Côres; o engenheiro civil especializado em agronomia Douglas Albrecht; e o professor doutor Fernando Moreira, criador e titular do curso de Engenharia Física na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Todos estão engajados na pesquisa do agroglifo, FAZENDO DESTA PESQUISA A MAIS ABRANGENTE, CIENTÍFICA E PROFUNDA que já se viu sobre este fenômeno no país. Côres e Albrecht estiveram em Prudentópolis examinando “in loco” o agroglifo, COISA QUE TODO UFÓLOGO DE VERDADE DEVE FAZER. Ambos fizeram significativas descobertas que complementam e ampliam as minhas e as de Toni Inajar Kurowski, o perito do Instituto de Criminalística do Paraná que emitiu o laudo.

E o professor DOUTOR Moreira já está com amostras de plantas de dentro e fora do agroglifo, assim como de solo, colhidas pelo Inajar, para análises em instrumentos de ponta da UFSCar. Albrecht, por sinal, também submeteu as amostras que colheu a exames laboratoriais. O resultado disso tudo conheceremos em alguns dias. Estou antevendo muitas incríveis informações vindo do trabalho de equipe destes amigos.

DEIXEM-ME ME REPETIR UMA FRASE: “TODO UFÓLOGO DE VERDADE DEVE ANALISAR IN LOCO O AGROGLIFO ANTES DE EMITIR OPINIÃO, SELA ELA PRO OU CONTRA”.

Relatório do agroglifo: www.ufo.com.br/public/relatorio.pdf

Laudo do agroglifo: www.ufo.com.br/public/laudo.pdf

Bom dia a todos.

Gevaerd

n3m3