Congresso de Ufologia em MT traz especialistas e garota que viu o E.T. de Varginha

congresso

Segue artigo de Isabela Mercuri, publicado no site olhardireto.com.br, referente ao I Congresso Mato-Grossense de Ufologia e Parapsicologia:

Extraterrestres, discos voadores, OVNIs. Tudo isso pode parecer ‘besteira’ para os mais incrédulos, mas é também tema de estudos seríssimos feitos por cientistas em todo o Brasil. Para discutir os últimos acontecimentos e descobertas, acontece em Cuiabá no mês de setembro o I Congresso Mato-Grossense de Ufologia e Parapsicologia, com palestrantes renomados de todo o país.

Essa não é a primeira vez que estudiosos do assunto se reúnem no estado. No entanto, é o primeiro evento de grande porte e que pretende reunir curiosos e simpatizantes de todas as regiões.

Ataíde Ferreira da Silva Neto, presidente da Associação Mato-grossense de Pesquisas Ufológicas e Psíquicas e um dos coordenadores do evento, explica que quase todos os palestrantes são de outros estados porque, apesar de Mato Grosso ser uma área cheia de relatos, histórias e mitos ufológicos, ainda são poucos os estudantes da área.

Dentre os nomes em destaque que participarão da palestra, está Katia Xavier, uma das três garotas que viu o ET de Varginha. “Ela ficou muitos anos calada por causa do deboche que sofreu. Agora vai contar tudo o que viu, com detalhes, e o que aconteceu na vida dela depois do fato”, conta Ataíde.

Além dela, estará presente Ademar José Gevaerd, editor da revista UFO, a mais antiga publicação sobre discos voadores do mundo. “Ademar vai falar sobre a liberdade de informação sobre o assunto. A defesa brasileira já admitiu que faz pesquisas sobre discos voadores, e existem mais de 4500 páginas de órgãos oficiais, como a Força Aérea, admitindo que estudam o fato”.

O Congresso, que acontece da noite de sexta (16) até a manhã de domingo (18) no Hotel Fazenda Mato Grosso, ainda conta com André Luiz de Pierre (SP), Leonardo Breno Martins (MG), Marco Antônio Petit de Castro (RJ), Marco Aurélio Leal (SP) e Wagner d’Eloy Borges (SP). No sábado à noite, os participantes poderão comparecer a uma visita ufológica em uma ‘ilha’ de Chapada dos Guimarães, com a presença de profissionais da astronomia e outros pesquisadores.

O investimento para participar do Congresso é de R$20 (sexta das 19h30 às 22h), R$60 para sábado (das 8h às 21h) e R$20 para domingo (das 9h às 11h30). Quem for de fora da cidade e quiser se hospedar na capital, terá tarifas promocionais em alguns hotéis.

“Essa é uma estratégia também do turismo. Como Mato Grosso tem todas as lendas e mitos, o estado tem um grande potencial de ufoturismo. Muitas pessoas viajam pra cá para fazer observações. É preciso investir”, afirma Ataíde.
O próprio secretário adjunto de turismo, Luiz Carlos Nigro, postou em suas redes sociais um vídeo convidando para o Congresso. Veja:

https://www.facebook.com/luiscarlos.oliveiranigro/videos/1260043500696046/

As inscrições estão abertas enquanto houver vagas. Informações pelo telefone (65) 99975-3436. Informações sobre as taxas promocionais no telefone (65) 3315-1200.

Serviço

1° Congresso Mato-grossense de Ufologia e Parapsicologia
Data: de 16 a 18 de setembro
Local: Hotel Fazenda Mato Grosso

-Isabela Mercuri

Colaboração: Carlos Volkmann

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.