web analytics

Experimentos sugerem que nossas mentes têm uma influência no âmbito físico

Tempo de leitura: 1 minuto

O misterioso papel de observadores na mecânica quântica tem sido debatido de forma intensa por mais de um século.  Alguns físicos bem conhecidos e respeitados dizem que a consciência poderia ter um papel central na mensuração quântica, enquanto outros descartam com desdenho tais noções.

Novas evidências agora estão surgindo, as quais sugerem que a consciência pode mesmo ser relevante na mecânica quântica.  Dean Radin, Ph.D., do Institute of Noetic Sciences, projetou uma nova série de experimentos que abordam o clássico experimento da dupla fenda, de forma única.  Em condições normais, as partículas irão se comportar como objetos ou ondas, dependendo se são ou não observadas.  A grande questão é, por que isso?

No vídeo abaixo (em inglês), Dean delineia seus experimentos extraordinários, usando a dupla fenda, a qual mostra que o padrão onda de partículas é reduzido quando as pessoas simplesmente direcionam suas atenções ao sistema. Isto ocorre sem qualquer contato físico ordinário com a instrumentação. Esta surpreendente evidência não somente apoia a interpretação que envolve a consciência na mecânica quântica, mas também oferece uma maior validação acreditável de que as capacidades estendidas da mente, conhecidas pelos pesquisadores como ‘psi’, são reais.

A apresentação de Dean ocorreu na prestigiosa conferência Science and Consciousness, que ocorreu na cidade de Tucson, para uma audiência de alguns dos mais respeitados filósofos e cientistas do nosso tempo. É um sinal prometedor de que as visões profundas da consciência estão encontrando seu caminho na corrente principal da ciência, e uma mudança de pensamento poderia estar no horizonte.

VídeoInstitute of Noetic Sciences : IONS

n3m3

Fonte: collective-evolution.com

Colaboração: Eliane Mullon