A Nuvem de Oort pode conter pistas quanto a criação do nosso Sistema Solar

Tempo de leitura: 2 min.
Nuvem de Oort.
Nuvem de Oort (Oort Cloud).

Acredita-se que uma nuvem contendo trilhões de pedaços enormes de gelo exista ao redor do nosso sistema solar.  Em 1950, o astrônomo holandês Jan Oort propôs que alguns cometas que vemos próximos da Terra tenham vindo para dentro do sistema solar quando esta nuvem foi perturbada por vários fenômenos no cosmos.

A hipótese de Oort ainda hoje existe, embora os cientistas não tenham observado diretamente esta nuvem.  Acredita-se que ela seja composta de escombros que têm estado flutuando no espaço desde a criação do nosso sistema solar.  Esta nuvem pode conter as pistas quanto a formação do mesmo.

A Nuvem de Oort ocupa o espaço à uma distância entre 748 bilhões de quilômetros a 14,9 trilhões de quilômetros.  Para colocar em perspectiva, isso é de 5.000 a 100.000 vezes a distância entre o Sol e a Terra.

No ano passado, os astrônomos estudaram um objeto que foi dito ter vindo da Nuvem de Oort, chamado de 2010 WG9.  O Dr. David Rabinowitz, um astrofísico da Universidade de Yale, disse que o objeto estava girando de forma anormalmente lenta, possivelmente causado pela fechamento gravitacional de outro objeto.  O fechamento gravitacional ocorre quando múltiplos objetos possuem uma rotação sincronizada.  Isto ocorre entre a Lua e a Terra, por exemplo, pois o mesmo lado da Lua sempre está virado para a Terra.

Muito pouco se sabe sobre a Nuvem de Oort – quantos objetos são contidos nela, quais são suas dimensões, e como ela se formou“, explicou Rabinowitz. “Através do estudo das propriedades detalhadas de um membro recém chegado da Nuvem de Oort, podemos aprender sobre sua constituição.”  O astrofísico espera ansiosamente usar telescópios maiores, a fim de conseguir uma aproximação maior desses objetos.  Sua equipe pôde ver que a superfície provavelmente tinha muitas variações, mas não pode dizer o que essas eram ou o que poderiam significar.

O astrônomo Neil DeGrasse Tyson discutiu sobre a Nuvem de Oort em um episódio de seu programa de TV, “Cosmos“.  Tyson questionou os valores de nossa sociedade no qual muitas pessoas sabem os nomes de assassinos em massa, mas não estão familiarizados com o nome do homem cujas teorias incluem não somente a Nuvem de Oort, mas também importantes descobertas sobre a Via Láctea.

Oort foi a primeira pessoa a estimar a distância entre o Sol e o centro da nossa galáxia, a Via Láctea, como sendo uma distância de aproximadamente 30.000 anos luz.  Ele também foi o primeiro a predizer que um enorme buraco negro possa existir no centro da galáxia.  Ele estava certo em ambas estimativas.

n3m3

Fonte: www.theepochtimes.com

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.