web analytics

Ministério da Defesa do Brasil agenda reunião para discutir a liberação dos documentos secretos sobre os OVNIs / UFOs

Tempo de leitura: 2 minutos

 

Em 8 de dezembro de 2012, publicamos um artigo aqui no OVNI Hoje que começava assim:

A Carta de Foz do Iguaçú pede abertura total e irrestrita dos documentos secretos sobre OVNIs

“Hoje, 8 de dezembro de 2012, no I UFOZ, foi lançada a Carta de Foz de Iguaçú, que assim como a Carta de Brasília, que foi assinada em 1997, será entregue às autoridades em Brasília.”

Agora, quase dois meses depois da primeira etapa desta iniciativa liderada por A. J. Gevaerd da Revista UFO, nos chega a informação empolgante de que já há uma movimentação dentro do Ministério da Defesa para a análise do pedido.

Abaixo, o ofício emitido pelo Secretário Ari Matos Cardoso, do Ministério da Defesa, neste caso especificamente ao Chefe de Gabinete do Comandante da Marinha, agendando uma reunião para o dia 7 de fevereiro próximo, às 10h00, a fim de que seja discutida a questão da liberação dos documentos, com a participação da Marinha, do Exército e da Aeronáutica do Brasil:

001

Veja ainda o Comunicado Interno oriundo do Chefe de Gabinete, Vice-Almirante Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior e do Encarregado da Divisão de Secretaria e Comunicações, Capitão-de-Corveta José Antonio Gomes de Silva, endereçado ao Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada, para que sejam adotadas “as medidas julgadas necessárias, solicitando determinar que a resposta seja encaminhada diretamente à Secretaria de Coordenação e Organização Institucional do Ministério da Defesa, com cópia para este Gabinete”:

Of30-47-2013-GCM-page-001n3m3

—–

EDITORIAL:

Com a liberação total dos documentos militares secretos relacionados aos OVNIs, a porta está aberta para a possibilidade de colocar o Brasil na vanguarda mundial do estudo deste fenômeno.

Esta é uma oportunidade de ouro que, se não for desperdiçada, elevará o Brasil à posição de líder mundial absoluto nesta questão de suma importância para a humanidade.  É uma chance que não pode ser desconsiderada em hipótese alguma

Pelo Brasil e por toda a humanidade, esperemos que os comandos das Forças Armadas Brasileiras se revistam neste momento de um orgulho patriótico ainda maior, o qual os leve à uma determinação que é a mais sensata para os dias que vivemos: Todos os documentos devem sim ser liberados, seja lá o que eles contenham, para que assim possamos subir de uma vez por todas ao próximo patamar do estudo deste fenômeno e talvez até à uma abertura tão grande que nos impulsione rapidamente ao primeiro contato oficial com tecnologias alheias à nossa.

A humanidade necessita saber a verdade.  Nosso planeta precisa dela.

n3m3

Termos recém pesquisados por leitores: