Recorde de teletransporte quântico é batido pela ESA

Tempo de leitura: < 1 min.

De acordo com o site da ESA, uma equipe internacional de investigação utilizou a Estação Ótica de Terra (Optical Ground Station) da ESA, no Observatório de Teide, em Tenerife, para estabelecer um novo recorde de distância em teletransporte quântico, reproduzindo as características de uma partícula de luz a 143 quilómetros de distância.

O feito foi realizado por cientistas da Áustria, Canadá, Alemanha e Noruega, e foi financiado pela ESA.  As propriedades físicas de uma partícula de luz, um fóton, foram transferidas a outra partícula, mediante teletransporte quântico.  Este vínculo foi estabelecido por sobre a distância de 143 Km que separam o telescópio Jacobus Kapteyn, na ilha de La Palma, nas Canárias, e a Estação Ótica de Terra da ESA em Tenerife.

Antes disso, as duas partículas devem ‘entrelaçar-se’. Uma vez feito isto, a medida de uma determinada propriedade física, como a polarização ou o spin, irá gerar o mesmo resultado nas duas partículas, independentemente da distância a que se encontram e sem que se transfira fisicamente qualquer outro sinal entre elas.

O teletransporte quântico não é uma cópia, no sentido mais estrito do termo, uma vez que o ato de transferir informação de uma partícula a outra destrói a partícula original –as suas características transferem-se à partícula entrelaçada.

Albert Einstein referiu-se ao fenômeno do entrelaçamento quântico como uma “assustadora ação à distância”, mas trata-se de um fenômeno físico documentado e fundamental para futuras gerações de computadores ultra-potentes, baseados no teletransporte de bits quânticos ou ‘qubits’. Também é essencial em sistemas invioláveis de comunicação encriptada.

Para ler o restante da reportagem, favor acessar o site de origem: www.esa.int

n3m3

 

Fonte: www.esa.int

Colaboração: Fernando Ramos
A experiência é também um excelente exemplo de como os cientistas de diferentes Estados Membros da ESA podem unir forças e levar a cabo experiências extraordinárias com a Estação Ótica de Terra da ESA.

http://www.esa.int/esaCP/SEMG608YJ6H_Portugal_1.html

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.