OVNI? UFO? OVET? OSNI? ORB? …ok, vamos explicar

Tempo de leitura: 2 min.

 

Este não é um OVNI / UFO, mas sim um disco voador alemão, pois está perfeitamente identificado com o emblema da força aérea daquele país, a Luftwaffe.

EDITORIAL:

Parece haver uma confusão enorme, não só entre leigos no assunto mas também entre aqueles que já acompanham este tema por algum tempo, e até mesmo pela própria imprensa corporativa, a respeito das siglas citadas no título deste artigo. 

Assim, a pedido de nossos leitores, vamos falar um pouco sobre estas palavras que confundem a todos.

Comecemos então com os significados de cada uma delas, :

OVNI: Objeto Voador Não Identificado

UFO: O mesmo que OVNI, só que em inglês; ou seja, Unidentified Flying Object

OVET: Objeto Voador Extra Terrestre

OSNI: Objeto Submerso (ou Submarino, ou Subaquático) Não Identificado

ORB: Não se trata de uma sigla, mas sim de uma palavra em inglês, que significa ‘corpo, ou objeto esférico, geralmente luminoso’

Isto posto, lembramos a todos que é muito comum as pessoas acharem que os OVNIs, ou UFOs, sejam necessariamente naves extraterrestres, e isto está longe da verdade.  Portanto, é importante saber que OVNI (o mesmo que UFO) não significa necessariamente OVET, que é uma nave extraterrestre.  Ou seja, um OVNI é simplesmente um objeto voador não identificado, podendo até ser uma mosca, isto é, se ela ainda não foi confirmada como tal. 

Uma vez que o objeto seja identificado, seja ele um avião, ou uma mosca, ele não mais é um OVNI.

Por outro lado, se uma nave estranha e sem identificação escrita em sua fuselagem aparecer no céu e for identificada como, por exemplo, um disco voador, ela pode ser considerada sim um OVNI, pois sua origem é desconhecida.

Parece um tanto confuso, mas espero ter conseguido sanar esta dúvida adequadamente. 

Devido à esta confusão, muitas vezes as pessoas rebatem alguns artigos publicados aqui no OVNI Hoje, pensando que OVNI deva ser necessariamente um disco voador, ou algo extraterrestre, mas pode não ser.

Talvez este devesse ser o primeiríssimo artigo publicado neste blog, mas como diz o ditado popular: ‘Antes tarde do que nunca‘.

n3m3

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.