Imprensa dos EUA fala sobre o aumento dos avistamentos de OVNIs nos últimos meses

Tempo de leitura: 3 min.

Em agosto passado publicamos aqui no OVNI Hoje a respeito do aumento do número de avistamentos de OVNIs nos últimos 3 anos.

Agora, aparece mais um artigo na imprensa estadunidense, desta vez na seção de ciências da msnbc, reconhecendo o aumento deste fenômeno, pelo menos nos EUA.

Veja:

Então, o que é que está causando o aumento nos avistamentos de OVNIs?

MSNBC – De acordo com uma organização que registra avistamentos de OVNIs, este verão tem sido um período especialmente intenso para tais avistamentos.  A Mutual UFO Network – MUFON apontou que os avistamentos aumentaram nas últimas seis semanas, com alguns estados [dos EUA] mais do que dobrando seus números normais.

Estaríamos à beira de uma invasão alienígena?  Ou talvez as pessoas agora têm mais tempo em suas mãos para avistar — e relatar — coisas estranhas no céu?

O diretor internacional da MUFON, Clifford Clift falou para o site Life’s Little Mysteries que neste momento ele não sabe ao certo o que fazer com os dados.  Isto pode ser o início de algo grande, ou pode ser meramente um erro computacional que de forma acidental contabilizou duplamente alguns dos relatos.  Outra possibilidade é de que estamos simplesmente no meio de uma “onda de OVNIs”; um dos muitos aumentos periódicos de avistamentos durante os anos que se tem registrado.

Há várias razões para ondas de OVNIs.  Uma delas é que os objetos no céu geralmente são vistos por muitas pessoas, especialmente quando eles aparecem sobre as zonas urbanas.  OVNIs tipicamente não pairam próximos à Terra ou sobre o quintal de alguma pessoa; ao invés disso, eles são muitas vezes avistados a grandes altitudes — longe o suficiente para que não se possa ver seus detalhes, ou mesmo conseguir tirar fotos nítidas.

Assim, seja o que for que um OVNI em particular realmente possa ser (um avião, um cometa, uma aeronave extraterrestre, ou algo mais), esse objeto ou luz estranha no céu poderia potencialmente disparar centenas, senão milhares de relatos.  E mesmo os relatos do mesmo objeto poderão ser diferentes, dependendo do ponto de vista de quem o relata.

Assim, se houve centenas de relatos de OVNIs em um estado durante um determinado período, é importante saber como é que esses relatos foram categorizados, porque poderia ser que centenas de OVNIs individualmente foram vistos por diferentes pessoas, ou que centenas de indivíduos viram a mesma coisa e relataram.

Há também as explicações psicológicas e sociais.  O avistamentos são muitas vezes alimentados pela imprensa; as pessoas lêem sobre coisas misteriosas, ou assistem programas de TV sobre os OVNIs, e o interesse ou preocupação sobre este tema se alastra de pessoa para pessoa.  Não que as pessoas estejam inventando os avistamentos: Pesquisas têm mostrado que se você diz às pessoas o que está procurando, muitas vezes elas irão achar aquilo que você procura — seja este objeto real, ou não.

Como Clift apontou, “É provável que a mídia e os filmes (sobre alienígenas) que estão sendo lançados, como o Apollo 18 e Paul, estejam aguçando o interesse das pessoas a respeito dos OVNIs“.

As pessoas escutam a respeito de OVNIs, e por algum tempo tendem a olhar para o céu mais frequentemente, imaginando se eles também poderiam avistar algo similar.  E precisamente, devido ao fato das pessoas passarem mais tempo olhando para o céu, elas pela primeira vez, irão notar luzes e objetos (normais) que sempre estiveram por lá.

Assim, pode não ser que os OVNIs não estejam aparecendo mais frequentemente, mas ao invés disso que estamos notando eles com mais frequência.  Um processo idêntico pode ser encontrado no campo médico, onde um aumento nos relatos de uma doença pode não representar um aumento real do número de casos, mas sim um reflexo da conscientização pública da doença.  Em outras palavras, os cientistas sabem que só porque as pessoas relatam um fenômeno, não quer dizer necessariamente que o fenômeno esteja ocorrendo com mais frequência.

Por que os OVNIs podem ser vistos com mais frequências nos meses de verão?  Uma possibilidade é que as pessoas despendem mais tempo fora de cassa; nós ficamos fora nas noites quentes em festas e churrascos, assim temos mais oportunidade de notar coisas no céu do que nos meses de inverno, quando ficamos dentro de casa assistindo TV.  Isto posto, Clift aponta que sua organização não vê normalmente este tipo dramático de aumento sazonal do número de relatos.

Ainda se faz necessária a confirmação de que o aumento dos avistamentos seja embasado na realidade, numa falha de computador, ou em influências psicológicas e sociais.  Uma coisa é certa:  Esta não é a primeira vez que os relatos de OVNIs aumentaram, e não será a última.

Por  Benjamin Radford – MSCNN

Tradução: n3m3

Fonte: www.msnbc.msn.com

————–

E você?  Concorda com a opinião de Benjamin Radford?

n3m3

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.