Wikileaks poderá desvendar arquivos de UFOs / OVNIs

Tempo de leitura: 2 min.

Encontramos esta matéria interessante escrita por Javier Ortega, do site GhostTheory, sobre um possível vazamento de documentos sobre OVNIs vindo do Wikileaks:

“Como você já pode ter notado, nos aqui do GhostTheory tentamos ao máximo manter nossos próprios pontos de vista políticos e religiosos fora dos artigos que escrevemos.

Por agora, muitos de vocês provavelmente estão familiarizados com o fiasco do Wikileaks, e de como isto tem afetado os governos e seus povos.  Não vou escrever aqui o que penso de Juilan Assange e sua missão. É ISSO AÍ WIKILEAKS!

Eu direi que cruzei por uma menção importante que veio do próprio Assenge, durante uma recente entrevista online do site The Guardian, quando lhe perguntaram sobre os OVNIs:

‘Muitos esquisitõss nos enviam e-mails sobre OVNIs e de como descobriram de que eles mesmos são o anticristo, enquanto falavam com suas ex-esposas em uma festa de jardim em cima de um vaso.  Porém, até agora, eles não satisfizeram duas de nossas regras para publicação:

1) que os documentos não podem ser de autoria própria;

2) que sejam originais.

Porém, vale apontar que em partes ainda a serem publicadas do arquivo cablegate realmente existem referências aos OVNIs’.

Não sou um esquisitão que pensa ser o anticristo e fica por aí levantando teorias da conspiração enquanto fuma macon… bem… vamos somente dizer que não acho que sou o anticristo!

Contudo, eu acho interessante que naquilo que muitos se referem como ‘cablegate’, exista a possível prova de OVNIs e suas interações governamentais.  Não que eu precise de qualquer confirmação sobre tais atos, porque, dentro do meu coração, eu sei que definitivamente existe algum tipo de comunicação extensa entre nós humanos – autoridades governamentais e possivelmente alguns caipiras – e os E. T.s.

Vamos ver o que acontecerá nos próximos meses, anos ou décadas, à medida que este mundo louco gira sem meta pelo espaço.

-Javier Ortega”

Fonte: GhostTheory

———-

Você pode ler o resto da entrevista com Julian Assange (em inglês) no  The Guardian.

n3m3


AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.