OVNIs não são de origem humana, confirma testemunha direta

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 5 min.

O especialista em OVNIs, Jeremy Corbell, acompanhado pelo jornalista investigativo George Knapp, lançou um episódio inovador de “Weaponized”, apresentando o Dr. James Lacatski e o Dr. Colm Kelleher. O episódio revelou informações privilegiadas que nunca haviam sido compartilhadas antes.

Corbell e Knapp entrevistam os Drs. Lacatski e Kelleher. (Captura de vídeo)

Lacatski e Dr. Kelleher desempenharam papéis fundamentais na operação de um programa de OVNIs financiado pelo governo dos EUA durante cinco anos, com um orçamento total de US$ 22 milhões.

James Lacatski é um oficial de inteligência aposentado da Agência de Inteligência de Defesa (Defense Intelligence Agency – DIA), a qual criou o programa OVNI que funcionou de 2008 a 2010. No início dos anos 2000, ele chefiou a avaliação anual da ameaça de mísseis da DIA. Ele originalmente iniciou a pesquisa com a preocupação de que os OVNIs pudessem representar uma ameaça à segurança nacional, especificamente para os sistemas de defesa antimísseis dos EUA. Na entrevista, ele diz que o Governo dos Estados Unidos está em posse de um OVNI e acessou seu interior.

Crédito da legenda: Canal João Marcelo – Tunguska

Na entrevista, ao abordar os eventos mencionados no livro recém-lançado “Inside the US Government Covert UFO Program Initial Revelations”, o Dr. Lacatski esclareceu as diferenças entre AAWSAP e AATIP. Afirmou que o AAWSAP (Programa Avançado de Aplicações de Sistemas de Armas Aeroespaciais) foi criado em colaboração com o senador Harry Reid da DIA, com um orçamento de US$ 22 milhões e capacidade de funcionamento por cinco anos, embora tenham completado seus objetivos em dois anos.

Ele explica ainda que o nome AATIP (Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais) não foi criado por ele, mas foi escolhido por um motivo específico, que ele não divulgou. A necessidade de um nome diferente surgiu de um documento que indicava o recebimento do financiamento pela DIA, com “segredo” escrito ao lado do nome do programa. Para evitar potenciais preocupações de segurança, era necessário um nome diferente. Está implícito que o AAWSAP era o nome original e alguém no Congresso pode tê-lo designado como AATIP.

Dr. Lacatski discutiu alguns dos aspectos intrigantes dos casos de OVNIs e seus vários designs. Ele menciona como alguns casos envolveram pessoas que relataram ter visto o mesmo OVNI com décadas de diferença, o que levanta questões sobre o tempo e a natureza desses avistamentos.

Knapp traz à tona uma revelação particularmente importante no livro sobre uma nave de origem desconhecida cujo interior o governo acessou. Dr. Lacatski confirma que o livro contém uma declaração exata do evento que ocorreu dentro de uma instalação do Congresso. No entanto, ele não pôde fornecer mais detalhes devido a questões de segurança. Ele esclareceu que o Departamento de Defesa (DOD) revisou o livro para lançamento e a redação foi aprovada.

OVNI e seu interior

No capítulo 9 do livro, o Dr. Lacatski revela que o governo dos Estados Unidos possui uma nave de origem desconhecida e acessou com sucesso seu interior. Esta nave tem uma configuração simplificada adequada para voo aerodinâmico, mas carece de recursos convencionais como motor, asas, entradas, escapamento ou tanques de combustível.

Corbell pressiona por mais confirmação, perguntando ao Dr. Lacatski se o governo realmente tem um OVNI em sua posse e está fazendo engenharia reversa dele, ao que o Dr. Lacatski afirmou, “sim“.

Knapp continua com uma pergunta sobre a natureza deste objeto, perguntando como eles sabem que é uma nave e não apenas um batente de porta. O Dr. Lacatski sugere que há mais discussões naquele dia, mas eles não podem se aprofundar nesses detalhes. No entanto, ele menciona que é descrito no livro como “primitivo”.

Corbell questiona porque este tópico é considerado delicado, visto que o governo dos Estados Unidos possui um OVNI e tem feito engenharia reversa nele. Dr. Lacatski explica que a sensibilidade surge da presença de adversários e concorrentes que possam estar monitorando as informações. Ele enfatiza que o governo não pode dizer mais do que aquilo que foi aprovado para partilhar devido a preocupações de segurança.

Na verdade, Lacatski afirmou que não há razão para a humanidade temer a potencial inteligência não-humana, desde que a espécie humana descubra todas as suas capacidades, afirmando:

“Se todas as capacidades humanas fossem conhecidas por nós neste momento, não é algo que nós precisamos temer. Nossas capacidades nunca foram totalmente reveladas. E ainda estamos aprendendo; ainda temos um longo caminho para evoluir.”

Lacatski então muda o foco para as questões levantadas em seus livros anteriores, particularmente “Skinwalkers at the Pentagon: An Insiders’ Account of the Secret Government UFO Program” (“Skinwalkers no Pentágono: Um Relato de Pessoas Internas Sobre o Programa Secreto de OVNIs do Governo”). Ele salienta que colocaram questões sobre a razão pela qual o programa foi iniciado, porque terminou, e algumas reuniões inexplicáveis ​​com funcionários de alto nível de outros países. Ele sugere que ler nas entrelinhas é crucial, mas alerta que pode haver múltiplas respostas ou nenhum resultado final claro.

“Então a questão é que não podemos dizer nada mais do que fomos aprovados para dizer, e há uma visão disso…

…Mas tem algumas portas interessantes que nem sequer foram mencionadas. Primeiro, por que esse programa foi iniciado? Dois, por que esse programa foi encerrado? E nós levantamos isso parcialmente, e Skin Walkers no Pentágono, isso acabou?

Além disso, tivemos um capítulo sobre Skin Walkers no Pentágono, onde nos encontramos com um oficial brasileiro de alto nível em uma reunião que começou a apresentar alguns de nossos companheiros, e ninguém nunca nos perguntou: por que vocês tiveram aquela reunião? O que havia de tão importante naquela reunião? Você sabe, há muito material lá que, como Kit Green, Dr. Kit Green, um de nossos consultores no programa de ativos, disse: ‘Leia nas entrelinhas’. Isso se aplica tanto ao Skin Walkers no Pentágono quanto ao Revelações Initiais. Ler nas entrelinhas.

Agora, você pode chegar a conclusões erradas, e posso lhe dizer, sobre os tópicos que acabei de ler para você, você não tem informações suficientes para chegar às respostas corretas.”

David Grusch é credível, mas há documentos falsos

Corbell traz à tona o fato de que o ex-oficial de inteligência dos EUA, David Grush, testemunhou perante o Congresso, e muitos esperavam que o Dr. Lacatski também testemunhasse. Dr. Lacatski responde que não conhece o Sr. Grush e nunca o conheceu. Quando questionado sobre a credibilidade das alegações de Grush, o Dr. Lacatski abstêm-se de fazer quaisquer declarações definitivas, mas menciona que pessoalmente não testemunhou quaisquer atividades ilegais durante o seu tempo no programa. Ele reconhece que as alegações de Grush são razoáveis, mas não as confirma nem contesta.

Corbell investiga mais detalhadamente as afirmações de Grush, particularmente em relação aos OVNIs e à engenharia reversa. O Dr. Lacatski responde que não pode fornecer qualquer informação adicional sobre determinados temas, incluindo aspectos biológicos, por razões de segurança.

Lacatski disse:

“Não sei responder… não, isso remonta a algo que ocorreu, uma pergunta parecida, muito parecida com a sua pergunta. Não foi perguntado por você, mas foi perguntado a Colm, e ele disse: ‘Não encontramos nenhuma prova definitiva. Essa é a resposta padrão que devemos dar.”

Corbell expressa sua curiosidade sobre os motivos do sigilo e alude a um sentimento de suspeita entre o público. Ele especula se as razões para reter certas informações podem ser obscuras ou perturbadoras.

O Dr. Lacatski responde:

“Se você quer minha opinião sobre isso, não vejo nenhuma escuridão aqui. Basicamente, houve alguns artigos consideráveis ​​sobre o Skinwalker no Pentágono de que o nosso programa foi interrompido devido a preocupações religiosas da extrema direita. Bem, se houvesse, eu não sabia nada sobre isso. Não vi nenhuma evidência de que isso fosse verdade. Mas as pessoas podem dizer o que quiserem na internet, aparentemente. E isso não ocorreu, isso não ocorreu – eu não testemunhei nada disso. E acho que isso surgiu em algumas dessas audiências no Congresso.”

Corbell pergunta se a informação de David Grush é considerada credível pelo Dr. Lacatski, ao que ele responde, “Sim”, o que implica que a informação é credível. Lacatski menciona que Grush trabalhou com alguém que ele conhece e em quem confia na Força-Tarefa OVNI, indicando que há um nível de confiança na fonte. No entanto, ele traz à tona o fenômeno em que os indivíduos podem genuinamente acreditar e falar sobre coisas que são factualmente incorretas.

Corbell enfatiza que Grush falou sobre aspectos tangíveis e físicos, como nomes de programas e localizações de OVNIs, juntamente com o envolvimento de indivíduos que trabalharam nesses “Programas OVNIs Legados”. Dr. Lacatski confirma a existência de programas legados de OVNIs e menciona a presença de documentos falsos.

Lacatski menciona que o AAWSAP também enfrentou desafios semelhantes, com certos documentos sendo deturpados como genuínos. Ele destaca a natureza fechada e secreta do AAWSAP, comparando-o à forma como os SAPs (sigla em inglês para Programas de Acesso Especial) operam. Apenas um grupo selecionado dentro do programa tinha conhecimento da sua existência, e este foi estruturado para limitar a exposição a influências externas e inquéritos políticos.

Ele ressalta que os documentos que surgiram ao longo do tempo como falsificações não têm endosso ou validação oficial. Não está claro porque estas falsificações foram criadas, e o Dr. Lacatski sugere que se fizessem parte de um esforço de Contra-Inteligência, poderia não ter sido muito eficaz. Ele enfatiza que seu trabalho se baseia em referências reais e verificáveis.

(Fonte)


A entrevista completa pode ser assistida abaixo:

[Para instruções de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui.]

n3m3

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Danilo Tercariol ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


alienígenasdesacobertamento dos OVNIsDr. James LacatskiGeorge KnappJeremy CorbellOVNIsUAPsUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.