Representante da NASA recusa convite para a audiência OVNI em 26 de julho

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

Aparentemente, a NASA ainda não está pronta para revelar o que sabe sobre os OVNIs.

Briefing sobre o estudo OVNI independente da NASA que ocorreu em maio passado. Seu diretor, David Spergel, é o primeiro da direita para a esquerda. Crédito: NASA

A pressão do Congresso por maior transparência não está apenas na comunidade de inteligência do Pentágono, mas também em agências como a NASA. Isso pode ser inferido a partir de uma troca recente no Twitter, onde a organização espacial respondeu a uma alegação – espalhada pelo deputado Tim Burchett – de que havia se recusado a testemunhar na audiência sobre fenômenos aéreos/anômalos não identificados (UAPs/OVNIs) a ocorrer na próxima semana em Washington DC.

Um usuário do Twitter perguntou à NASA, citando um vídeo com a conferência de imprensa onde foi anunciado este evento:

“Por que você se retirou da audiência do Subcomitê de Segurança Interna de 26 de julho sobre OVNIs? Esta é uma oportunidade de ser transparente com o povo americano.”

A agência espacial respondeu:

“A NASA não foi solicitada a participar da audiência sobre OVNIs. David Spergel, presidente da Simons Foundation e diretor do UAP Independent Study da NASA, foi convidado, mas se recusou a comparecer, pois o trabalho da equipe de estudo independente não será concluído até o final das próximas semanas.

O relatório conterá uma série de recomendações para a NASA avaliar e categorizar melhor a natureza dos OVNIs.”

Sim, lemos algo contraditório. Porque se eles convidam o principal representante do seu maior estudo sobre o assunto, certamente pode-se dizer que eles estão convidando você para participar. Vale lembrar que, no final de outubro do ano passado, a NASA criou um grupo de estudos independente com o objetivo de reunir todos os dados que possui sobre OVNIs e analisá-los. Conforme noticiado na época, o relatório resultante teria prazo de nove meses para ser entregue. Ou seja, se tivesse começado em outubro passado, teria que ficar pronto até o final de julho de 2023, data que coincide – justamente – com a referido audiência.

Mas, aparentemente, o ‘estudo independente’ não está pronto e seu diretor – e, portanto, a NASA! – recusou-se a comentar por enquanto… E talvez seja melhor assim, considerando quem vai testemunhar na audiência da próxima semana: ex-funcionários e pilotos que afirmam que a evidência de vida extraterrestre estaria bem aqui na Terra e não lá fora, onde a agência espacial está procurando, e que não seria vida microbiana, mas vida inteligente.

(Fonte)


A NASA, mesmo tendo como uma de suas missões explorar a possibilidade de vida extraterrestre, parece estar evitando o assunto. Ela deveria, no mínimo, comparecer à audiência para ouvir os depoimentos apresentados, mesmo que opte por não fazer suas próprias declarações.

Este tipo de atitude já nos dá uma dica de como será seu relatório final a respeito dos OVNIs. Trata-se de uma entidade cuja agenda deve segue linha a linha àquela dos que se acham donos do mundo.

Uma lástima!

n3m3

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Audiência CongressionalNASAOVNIsUAPUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.