Novos estudos pintam um novo retrato da Via Láctea e mais…

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

Ainda há um caminho muito longo para os cientistas conseguirem desvendar a maioria dos mistérios do Universo. Mas o trabalho árduo continua, como reportado pelo portal CNN:

Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/BlueWillow

O voo inaugural da Virgin Galactic, levou os primeiros clientes pagantes em uma missão de pesquisa. Durante o período de gravidade zero, a missão monitorou os batimentos cardíacos dos passageiros durante a aceleração e mediu a radiação cósmica na atmosfera superior da Terra.

Enquanto isso, o Telescópio Espacial James Webb continua a proporcionar descobertas surpreendentes, incluindo a detecção de uma molécula crucial no espaço pela primeira vez.

A Agência Espacial Europeia está prestes a lançar a missão Euclides, com o objetivo de desvendar um dos maiores enigmas cósmicos da nossa época: a expansão crescente do universo e as forças misteriosas por trás dela. Além disso, cientistas compartilharam novos conhecimentos sobre aspectos invisíveis do universo, que podem alterar nossa compreensão do cosmos.

No vasto universo, a nossa galáxia, a Via Láctea, revelou-se de uma nova perspectiva fascinante. Não faltam imagens impressionantes da Via Láctea – mas nunca a vimos dessa perspectiva. Astrônomos usaram um detector de neutrinos no gelo espesso da Antártida para rastrear partículas que nos ajudaram a traçar suas origens pela galáxia, oferecendo respostas a grandes mistérios cósmicos.

Outra descoberta notável foi a detecção de novas ondas gravitacionais ressoando pelo universo, criando um coro celestial de fundo.

Em relação ao passado distante, uma pesquisa arqueológica desafiou estereótipos de gênero ao revelar que mulheres antigas participavam ativamente da caça de grandes animais, compartilhando conhecimentos e estratégias com outros membros da comunidade.

Nas profundezas do oceano, foi feita uma descoberta surpreendente de um berçário ativo de polvos em uma montanha subaquática, proporcionando uma visão rara dessas criaturas e outras formas de vida submarina.

Ainda explorando outros mundos, astrônomos encontraram um exoplaneta chamado Halla, que desafia as expectativas, pois pode ter sobrevivido a uma explosão violenta de sua estrela gigante, Baekdu.

Conforme as estrelas envelhecem, seus núcleos queimam diferentes elementos e aumentam de tamanho, o que geralmente é prejudicial para os planetas próximos que podem ser engolidos pela transição. A Terra provavelmente enfrentará um destino semelhante em aproximadamente 5 bilhões de anos.

Com tudo isto posto, lembremos que ainda temos bilhões de anos pela frente. Contudo, se não nos organizarmos como espécie única neste planeta, basta um ato estúpido por algum macaco beligerante para nossa completa extinção.

(Fonte)

Colaboração: NINGUEM


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


ciênciaUniversoVia Láctea
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.