Cientista sugere que queda de OVNIs na Terra é intencional

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 4 min.
Ouça este artigo...

Com as recentes alegações de recuperação de OVNIs pelo governo dos EUA (e possivelmente por outros governos), muitos céticos têm questionado como uma raça de seres tão avançados ainda pode enfrentar esse tipo de problema. Respondendo a essas dúvidas, foi publicado recentemente um artigo de opinião aqui no OVNIHoje.com, explorando possíveis razões para esses incidentes. Agora, indo além, o renomado cientista Jacques Vallée apresenta sua teoria sobre as quedas de OVNIs:

Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

Recentemente, vários denunciantes se apresentaram para revelar a existência de OVNIs acidentados e seus materiais recuperados. Alguns deles afirmam ter trabalhado na engenharia reversa da tecnologia alienígena, enquanto outros dizem ter visto os corpos dos ocupantes extraterrestres.

Essas revelações despertaram um interesse renovado no fenômeno OVNI e suas implicações para a humanidade.

Um dos pesquisadores mais proeminentes neste campo é Jacques Vallée, um cientista da computação e astrônomo francês que estuda OVNIs há décadas. Vallee não é apenas um cientista respeitado, mas também um pensador visionário que desafiou as suposições convencionais sobre a natureza e origem dos OVNIs.

Vallee não acredita que os OVNIs sejam simplesmente naves espaciais de alguma raça de visitantes extraterrestres. Essa noção é muito simplista para explicar sua aparência, a frequência de suas manifestações através da história registrada e a estrutura das informações trocadas com eles durante o contato.

Ele é um dos poucos pesquisadores que propôs uma abordagem científica para a investigação dos OVNIs, com base na hipótese de que não são espaçonaves extraterrestres, mas sim manifestações de uma inteligência superior que opera em dimensões além de nossa realidade física.

Vallee propõe que os OVNIs são manifestações de um nível ainda não reconhecido de consciência, independente do homem, mas intimamente ligado à terra. Ele sugere que os OVNIs podem ser janelas para um universo paralelo, outra dimensão onde vivem outras raças humanas.

Ele também especula que os OVNIs podem ser projeções de seres superiores que podem se materializar e desmaterializar à vontade.

A hipótese de Vallee é baseada em sua extensa análise de avistamentos de OVNIs, abduções e vestígios físicos. Ele descobriu que os OVNIs exibem padrões de comportamento consistentes com uma forma de inteligência e comunicação, mas não necessariamente com uma realidade física. Ele também observou que os OVNIs freqüentemente aparecem em conexão com eventos simbólicos, como visões religiosas, guerras, fenômenos psíquicos e rituais ocultos.

Por exemplo, ele cita o caso de Fátima, Portugal, onde em 1917 milhares de pessoas testemunharam uma série de aparições da Virgem Maria e uma espetacular exibição de luzes no céu. Vallee argumenta que este evento não foi um milagre, mas um fenômeno encenado orquestrado por uma inteligência desconhecida para influenciar as crenças humanas.

Outro exemplo é o caso da floresta de Rendlesham, na Inglaterra, onde em 1980 vários militares encontraram uma nave de formato triangular que pousou na mata. Vallee afirma que este incidente não foi uma visita alienígena, mas uma manipulação da percepção humana por uma agência não humana para testar as reações humanas.

Um terceiro exemplo é o caso de Skinwalker Ranch, no estado de Utah (EUA), onde na década de 1990 uma família experimentou uma série de fenômenos bizarros, como gado mutilado, atividade poltergeist e avistamentos de várias criaturas e objetos. Vallee sugere que este local não era um foco de atividade paranormal, mas um laboratório para uma força enigmática que fazia experiências com emoções e expectativas humanas.

Vallee argumenta que os OVNIs fazem parte de um fenômeno maior que ele chama de “sistema de controle”. Ele define isso como “uma força estranha que dobra [os seres humanos] de maneiras absurdas, forçando-os a desempenhar um papel em um jogo bizarro de engano”.

Ele acredita que essa força está manipulando a percepção e a consciência humana para algum propósito desconhecido, e que pode ter feito isso ao longo da história.

Por que os OVNIs estão caindo?

Jacques Vallee acha que as colisões de OVNIs não são eventos acidentais, mas sim ocorrências intencionais que servem a um propósito específico para os misteriosos visitantes.

Vallee começa apontando que as evidências de acidentes com OVNIs são muito fracas e muitas vezes contraditórias. Ele argumenta que a maioria dos supostos locais de acidentes nunca foram devidamente investigados ou verificados por especialistas independentes, e que muitas das testemunhas e denunciantes que afirmam ter visto ou manuseado corpos de alienígenas ou detritos não são confiáveis ​​ou têm segundas intenções.

Ele também observa que as características físicas da suposta nave e materiais alienígenas são inconsistentes e incompatíveis com as leis da física e da engenharia. Ele sugere que essas anomalias não são devidas à nossa falta de compreensão, mas sim à manipulação deliberada de nossa percepção pela inteligência OVNI.

Segundo Vallee, a inteligência OVNI não está interessada em se comunicar conosco diretamente, mas sim em criar um cenário complexo e enigmático que desafie nossas suposições e crenças sobre a realidade.

Ele acredita que as quedas de OVNIs fazem parte desse cenário e que são projetadas para provocar uma variedade de reações de diferentes grupos de pessoas, como curiosidade, medo, admiração, ceticismo, negação ou fascínio. Ele diz que essas reações fazem parte de um experimento em andamento que a inteligência OVNI está conduzindo na consciência e cultura humana, e que podem ter profundas implicações para nossa evolução futura.

Por que OVNIs e experiências de contato desafiam a hipótese ET?

Vallee conclui afirmando que não sabe qual é o objetivo ou motivo final da inteligência OVNI, mas está convencido de que não é hostil ou benevolente, mas sim indiferente ao nosso bem-estar.

Ele adverte que não devemos cair na armadilha de interpretar o fenômeno OVNI em termos de nossas próprias expectativas ou desejos, mas sim manter a mente aberta e crítica. Vallee também nos exorta a desenvolver um novo paradigma científico que possa explicar a natureza multidimensional da realidade e a possibilidade de outras formas de inteligência e consciência além da nossa.

(Fonte)


Será que Vallée está certo em sua tese?

n3m3

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!

alienígenasJacques ValléeOVNIsqueda de OVNIsUAPUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.