OVNIs triangulares são de universo paralelo, diz projetista de aeronaves

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

Um britânico que trabalhou por muitos anos como projetista de aeronaves diz ter visto OVNIs sobre o Reino Unido que ele acredita serem pilotados por criaturas de outra dimensão.

Com base nas descrições das testemunhas, Colin fez um modelo em escala da nave misteriosa (Imagem: Colin Saunders)

Colin Saunders teve seu próprio encontro com um OVNI triangulardo tamanho de uma casa” em 1999, e a experiência mudou sua vida. Primeiro ele viu suas luzes, e então a nave misteriosa “descamuflou” na frente dele.

O fato d a nave misteriosa parecer ter algum tipo de tecnologia de invisibilidade levanta a possibilidade de que os inexplicáveis ​​triângulos pretos estejam pairando invisíveis acima de nós com mais frequência do que pensamos.

Colin disse ao Daily Star:

“Acredito que eles podem estar voando ao redor do globo totalmente invisíveis para nós neste momento.”

Enquanto o novo livro de Colin “Triangular UFOs of the United Kingdom” (“OVNIs triangulares do Reino Unido”, em tradução livre) se concentra especificamente em fenômenos em forma de cunha, ele diz que outros objetos inexplicáveis ​​vistos em nossos céus podem ser representantes de diferentes raças alienígenas.

Ele disse:

“Acho que triângulos, discos, charutos e Tic-Tac [OVNIs] são todos fenômenos iguais ou semelhantes. Tenho certeza de que eles devem estar cientes uns dos outros.

Se espécies diferentes voam em naves diferentes, eu não sei, mas pequenos alienígenas cinzentos parecem aparecer em muitos avistamentos de naves diferentes.”

Ele acrescentou:

“Mas, eles podem ser apenas robôs biológicos.”

A experiência de Colin levou a um profundo fascínio por esses estranhos fenômenos e sua possível explicação, e ele entrevistou dezenas de pessoas sobre suas próprias experiências com eles.

Ele não está convencido com as sugestões de que os objetos voadores vistos nos céus da Europa possam ser aeronaves furtivas experimentais.

Ele diz:

“Já trabalhei na indústria aeronáutica como projetista e nunca testemunhei nada parecido antes.”

Ele aponta que pesquisou mais de cem avistamentos dessas naves e todas elas parecem ser muito diferentes umas das outras.

Colin acrescentou:

“Não faria sentido construir uma nave de baixo orçamento e continuar mudando o desenho de cada uma.

Além disso, os militares voariam às vezes sobre os telhados com uma aeronave secreta? Acho que eles provavelmente testariam na Área 51, e não no interior do Reino Unido.”

Ele admite, no entanto, que algumas aeronaves militares modernas, como o icônico bombardeiro furtivo B2 Spirit da USAF, podem ser em parte baseadas em tecnologia alienígena de engenharia reversa. E, sejam o que forem, também não são simples ilusões de ótica.

Para seu livro, Colin entrevistou alguns contatados de OVNIs que realmente tocaram uma das naves:

Um deles, Charles Bee, descreve como o objeto “enorme” ocultou as estrelas enquanto deslizava silenciosamente acima dele.

Enquanto ele estava parado em uma colina, a nave chegou a “alguns metros dele”, disse ele, e ele pôde ver canais pretos gravados em sua parte inferior, que ele especula pode ter sido algum tipo de “mecanismo de ancoragem”.

Charles lembrou:

“Parecia ser feito de ardósia ou material de grafite. Cinza muito escuro e uma textura mate suave. Eu podia sentir a presença em todo o meu corpo e um implante dentário vibrava na minha boca.

Pude ver os canais cobertos na parte de baixo da nave: eles provavelmente têm um metro e oitenta de largura e uma profundidade semelhante.

Levantei a mão e toquei parte do corpo da nave entre os canais. Fiquei apavorado e até pensei que poderia me machucar, mas fiz assim mesmo. Eu escovei meus dedos sobre ela e, em seguida, coloquei minha palma inteira sobre ela. Parecia uma bancada de cozinha dura com acabamento fosco, mas não estava fria.”.

Apesar do fenômeno OVNI ser levado cada vez mais a sério pelos militares dos EUA, ainda não há uma explicação definitiva para o que as pessoas em todo o mundo estão experimentando.

Colin diz:

“Meu sentimento é que essas naves são interdimensionais. Como um mundo paralelo correndo ao lado do nosso.”

Elas são tripulados por seres deste outro universo, afirma Colin, mas também podem ter alguma inteligência própria.

Ele acrescentou:

“Acredito que a maioria das naves maiores será tripulada, mas suspeita-se que os tipos menores de tic tac possam ser controladas remotamente.

Devo dizer que ‘nossa’ nave parecia estar viva, embora fosse claramente fabricada, talvez com uma inteligência própria.”

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Colin SaundersOVNIsOVNIs triangularesReino UnidoUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.