A estranha mensagem alienígena que o ator Stuart Whitman recebeu

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

O famoso jornalista e ovniólogo John Keel nos escreve em uma de suas reportagens um caso incrível que envolveu o famoso ator Stuart Whitman:

Stuart Whitman alegou ter tido contato com alienígenas.

Uma falha de energia deixou a cidade de Nova Iorque e grande parte do nordeste dos Estados Unidos no escuro no final da tarde de 10 de novembro de 1965. Na madrugada do dia seguinte, a energia ainda não havia sido restaurada. O ator de cinema e televisão Stuart Whitman, que estava hospedado em um hotel em Manhattan, ouviu um “som como o de um pássaro assobiando do lado de fora da minha janela“, vendo dois OVNIs pairando nas proximidades.

De acordo com sua história:

“Um deles era laranja e o outro era azul. Eles emitiam uma estranha luz, então não pude ver se havia algum tipo de janela ou se havia alguém dentro. Então eu os ouvi falando comigo como se estivessem fazendo isso através de um alto-falante. Eles falaram comigo em inglês. Acho que ninguém mais poderia ter ouvido. Disseram que queriam falar comigo porque segundo eles não detectaram rancor ou ódio em mim. Eles disseram que tinham medo da Terra porque os terráqueos estavam brincando com energias desconhecidas e isso poderia perturbar o equilíbrio do universo ou de seu planeta.”

Ele continuou:

“Essas identidades também me disseram que o apagão foi apenas uma pequena demonstração de seu poder e que eles poderiam fazer muito mais com quase nenhum esforço. Serviu de alerta. Disseram que não podiam deixar todo o nosso planeta parar de funcionar.

Eles me pediram para fazer o que pudesse para combater a malícia, o preconceito e o ódio na Terra, e depois dessa mensagem eles partiram.

Eu não sabia o tamanho dos objetos, mas quando eles partiram, fiquei exultante. Eu nem estava em choque. E eu sei que eu não estava dormindo, porque eu estava perto da janela e bem acordado o tempo todo.

Não sei porque me escolheram como contato. Mas eu juro pela Bíblia que os vi e eles falaram comigo.”

Whitman insistiu que não tinha bebido.

Scott, que achou a história absurda, reconheceu, no entanto, que Whitman parecia sincero. Afinal, não era o tipo de história que provavelmente promoveria sua carreira.

Ele nunca mais falou publicamente sobre o incidente.

(Fonte)


Infelizmente, Stuart faleceu aos 92 anos em 2020, assim a verdade sobre este caso se foi com ele.

n3m3

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!

alienígenasNova IorqueOVNIsStuart WhitmanUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.