O pouso de OVNI em Cennina, em 1954, e o encontro com humanoides

Compartilhe com a galáxia!
Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 3 min.

O pouso em Cennina, em 1954, é um dos mais extraordinários casos de pouso e contato de OVNIs já registrados.

Capa da La Domenica del Corriere’, 14 de novembro de 1954.

Em 1º de novembro de 1954, uma mulher chamada Rosa Lotti estava entrando na pequena cidade de Cennina, na Itália, quando se deparou com uma visão incomum. Na frente dela estava um objeto vertical semelhante a um carretel, que ela descreveu como sendo “2 cones unidos em suas bases”. De trás da nave emergiram dois homenzinhos, que tinham apenas cerca de um metro de altura. Os homens se aproximaram de Lotti com expressões amigáveis, com um deles até rindo. Eles falaram em uma língua que parecia chinesa e começaram a roubar os cravos e uma das meias dela. Lotti, compreensivelmente assustada, fugiu.

Após o encontro, um buraco profundo foi encontrado no solo do local. Os homens foram descritos como vestindo macacões cinza, capas curtas e capacetes. Eles não eram mais altos que uma criança de cinco anos, mas seus corpos eram proporcionais.

O objeto foi descrito como um cone duplo, com cerca de 2 metros de altura e 1 metro de largura no meio. Era feito de metal brilhante e tinha uma porta de vidro no cone inferior com dois pequenos assentos dentro. Lotti relatou que não ouviu nenhum som vindo do objeto.

Este incidente é classificado como CE-III (sigla em inglês para Contato Imediato do Terceiro Grau) pelo Dr. J. Allen Hynek, o que significa que houve uma observação atenta de seres animados associados ao objeto.

Várias testemunhas relataram o encontro e foram encontradas evidências físicas na forma de um buraco no chão. O pouso em Cennina em 1954 é considerado um dos mais extraordinários casos de pouso e contato de OVNIs já registrados, e foi mencionado pelo proeminente pesquisador de OVNIs, Jacques Vallee, como o caso nº 24 em seu “Century of Landings”.

O pouso em Cennina é considerado um dos casos de OVNIs mais confiáveis ​​já registrados, devido às múltiplas testemunhas e evidências físicas. O relato de Rosa Lotti sobre o incidente é particularmente detalhado e consistente. Ela descreveu detalhadamente os homenzinhos como tendo cerca de 1 metro de altura e vestindo uma espécie de macacão cinza que cobria todo o corpo, incluindo os pés. Eles também usavam capas curtas de um tecido cinza, e sobre o macacão usavam uma espécie de gibão, preso com pequenos botões que pareciam estrelas brilhantes. Suas calças eram justas, “como as ceroulas compridas que nossos homens usam no inverno”. Seus rostos eram normais, mas pequenos, e não eram mais altos do que uma criança de cinco anos.

O avistamento foi relatado por várias testemunhas, e a evidência física do buraco profundo encontrado no local acrescentou credibilidade ao incidente. A aterrissagem em Cennina também é significativa porque é um dos poucos casos em que os ocupantes do OVNI foram descritos como semelhantes a humanos, em vez das descrições mais comuns de seres com olhos grandes e bocas pequenas.

Apesar da credibilidade do pouso em Cennina, alguns céticos tentaram explicar o incidente como uma identificação incorreta ou fraude. Alguns sugeriram que Lotti pode ter confundido um balão meteorológico ou outro objeto feito pelo homem com um OVNI. No entanto, a descrição detalhada e consistente de Lotti do objeto, bem como o fato de que várias testemunhas relataram ter visto o objeto, tornam essa explicação improvável.

Alguns céticos também acreditam que Lotti e seu grupo encenaram o incidente para fazer com que parecesse uma farsa. No entanto, esta teoria não é apoiada por nenhuma evidência credível. O fato do buraco no solo descoberto no local ter quase um metro de profundidade e ser difícil de fingir torna o incidente mais crível.

Artigo no semanário “Tutti” de 14 de novembro de 1954. Título: Meias e cravos atraem marcianos?

Em conclusão, o pouso em Cennina em 1954 é considerado um dos mais extraordinários e credíveis casos de pouso e contato de OVNIs já registrados. O relato detalhado e consistente fornecido por Rosa Lotti, vários relatórios de testemunhas e evidências físicas dão credibilidade ao incidente. Embora alguns céticos possam tentar explicar o incidente como uma identificação incorreta ou fraude, não há evidências para apoiar essas afirmações. O pouso em Cennina continua sendo um dos encontros de OVNIs mais intrigantes e inexplicados da história.

(Fonte)


Compartilhe este artigo com a galáxia!

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward de Lima, Silas Raposo Filho, Egidia dos Santos, Helio dos Santos Junior, Leopoldo Della Rocca, Lincon Luiz Vaneti.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

alienígenasCenninacontato imediato do terceiro grauItáliaovniufo
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.