Cometa verde super raro está para passar pela Terra

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: 2 min.

Um cometa verde recém detectado está prestes a fazer um sobrevoo perto de nosso Pálido Ponto Azul – e poderá ser visível a olho nu.

Cometa C/2022 E3. Crédito: Michael Jäger

Ao emitirem suas previsões de observação do céu para janeiro de 2023, a NASA e o Laboratório de Propulsão a Jato da CalTech (JPL) declararam que entre 12 de janeiro e 2 de fevereiro, um cometa verde chamado C/2022 E3 (ZTF) primeiro se aproximará do Sol e depois retornará à Terra.

No Hemisfério Norte, continua o post do JPL, os observadores do céu poderão ver o cometa no céu da manhã no final de janeiro. Enquanto isso, observadores no Hemisfério Sul devem poder vê-lo no início de fevereiro.

O Space.com aponta a melhor data de visualização com ainda mais precisão: durante a lua nova em 21 de janeiro, quando o céu ficará extra-escuro sem a luz da Lua.

O JPL observa:

“Os cometas são notoriamente imprevisíveis, mas se este continuar com sua tendência atual de brilho, será fácil detectá-lo com binóculos e é possível que se torne visível a olho nu sob o céu escuro.”

Descoberto em março de 2022, este raro cometa verde foi avistado usando uma câmera de pesquisa de campo amplo na Zwicky Transient Facility da CalTech dentro da órbita de Júpiter. Desde então, ele se aproximou cada vez mais do Sol e, como a NASA observou em um post sobre o cometa, atingirá seu perigeu, ou ponto mais próximo de nós na Terra, em 1º de fevereiro.

Como observa o Space.com, os dados do JPL sugerem que a última vez que esse lindo “duende” verde chegou tão perto da Terra foi há cerca de 50.000 anos, o que significa que os últimos humanos a testemunharem isso provavelmente foram os neandertais da era do gelo.

Dependendo da poluição luminosa e do clima, pode ser difícil ver o C/2022 E3 (ZTF) enquanto ele se aproxima e se afasta da Terra – mas fique tranquilo, observadores do céu com lentes telefoto caras ou acesso a telescópios institucionais conseguirão obter incríveis fotos dele.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
astronomiaC/2022 E3cometa verdeOVNI Hoje
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.