Estariam os EUA se preparando para uma guerra com alienígenas?

Tempo de leitura: 4 min.

A Guerra Fria, embora real e perigosa o suficiente, também foi uma cobertura para desenvolvermos um sistema de rastreamento e defesa planetário que analisasse o espaço e o quintal dos soviéticos. E os soviéticos estavam fazendo exatamente a mesma coisa que nós, olhando para cima ao mesmo tempo em que olhavam para baixo.” ― Oficial do Exército dos EUA Philip J. Corso, “The Day After Roswell

Pouco antes da morte do famoso engenheiro aeroespacial germano-americano e arquiteto espacial Wernher Magnus Maximilian Freiherr von Braun, ele confidenciou algo muito secreto, a sua assistente.

Ele disse que “a última carta a ser jogada” pelos militares dos EUA seria a ameaça OVNI/alienígena – real ou não.

Ele estava falando, é claro, sobre o enorme complexo industrial militar dos EUA – um rolo compressor multibilionário que não pode ser detido.

O então presidente dos EUA, Ike Eisenhower, nos alertou sobre isso na década de 1950, aconselhando os americanos a se ‘protegerem’ de sua crescente e potencial influência.

Mas Von Braun, que foi essencial para colocar um homem na Lua com o programa espacial Apolo, teria acesso prático único a muitos segredos espaciais dos EUA.

Sua controversa associação com os nazistas e o desenvolvimento de foguetes mortais V-1 e V2 à parte – e isso é uma toca de coelho muito profunda – ele também conhecia bem os militares dos EUA. E ele sabia o que estava vindo pelo cano. Um dia, isso aconteceria.

De acordo com uma reportagem do US Sun, isso pode realmente estar acontecendo.

Um Centro de Combate Espacial secreto de US$ 100 milhões protegerá os EUA se o mundo encontrar alienígenas hostis, enquanto o espaço se torna “um domínio chave de combate“, disse um especialista em defesa e OVNIs.

A Aerospace Corporation, uma organização nacional sem fins lucrativos, construiu uma instalação de 8.000 metros quadrados financiada pelo governo federal no estado do Colorado “para examinar os conceitos de combate espacial e sistemas avançados e educar os operadores e analistas espaciais sobre a avaliação de uma variedade de cenários de ameaças”, informou o artigo do US Sun.

Steve Isakowitz, presidente e CEO da Aerospace, disse em um comunicado:

“Desenvolver conceitos avançados de combate espacial que melhorem a resiliência e agilidade de nossos sistemas é fundamental para superar as ameaças que enfrentamos no espaço.”

A Aerospace não respondeu a e-mails com perguntas de acompanhamento, informou o Sun.

O especialista Nick Pope, ex-chefe do agora extinto programa de OVNIs do Ministério da Defesa do Reino Unido, disse ao US Sun que a instalação “é uma parte de ponta da política espacial mais ampla do governo dos EUA“. Tem um uso duplo para combater os inimigos dos EUA, bem como qualquer potencial ‘extraterrestre hostil’.

Pope continuou:

“Mesmo que tenha sido criado para planejar combates contra adversários convencionais como China e Rússia, se algum dia encontrarmos extraterrestres hostis, sem dúvida desempenharia um papel fundamental na defesa planetária.”

Em junho, o Sun informou que um membro do serviço ativo disse que a Força Aérea disparou contra OVNIs em zonas de guerra ativas.

O membro do serviço com conhecimento direto dos recentes compromissos da Força Aérea sobre OVNIs disse:

“A Força Aérea observa rotineiramente e, às vezes, até envolve cineticamente OVNIs em áreas operacionalmente sensíveis em todo o mundo até hoje.

Enquanto alguns OVNIs são eventualmente identificados, muitas vezes outros são descartados às pressas devido à incapacidade de classificar adequadamente, com base nas características exibidas e observadas.”

De acordo com arquivos secretos tornados públicos, dois aviões de combate dos EUA foram enviados em maio de 1957 e ordenados a abater um OVNI sobre o interior da Inglaterra durante a Guerra Fria, informou a Reuters.

Um piloto disse que estava a segundos de disparar 24 foguetes contra o objeto, que se moveu de forma irregular e deu uma leitura de radar como “um porta-aviões voador.

No último momento, o objeto desapareceu da tela do radar e a perseguição em alta velocidade foi cancelada, informou a Reuters.

Ele voltou à base e foi interrogado no dia seguinte por um homem não identificado que “parecia um vendedor bem vestido da IBM”.

O piloto disse:

“Ele me ameaçou com uma violação de segurança nacional se eu dissesse uma palavra sobre isso para alguém.”

Pope, ex-investigador de OVNIs do Ministério da Defesa britânico, disse:

“Em qualquer guerra futura, o espaço (junto com o ciberespaço) será um domínio chave de combate. Talvez até mais importante do que os tradicionais três (domínios de) terra, mar e ar.”

A Força Espacial, o sistema de radar Space Fence e o planejado Sensor Espacial de Rastreamento Hipersônico e Balístico também fazem parte disso, disse ele.

A construção da instalação real em Colorado Springs terminou no início de setembro, disse a Aerospace em um anúncio em seu site.

Chega em um momento em que o governo dos EUA exige respostas sobre os OVNIs, e a NASA está explorando a possibilidade de vida extraterrestre.

Até mesmo o lendário autor de terror e ficção científica Stephen King se perguntou em voz alta sobre a vida alienígena em um tuíte recente:

“Existe vida inteligente no universo? Se a encontrarmos, qual será a reação geral aqui na Terra?”

Pope reconheceu que algumas pessoas vão se perguntar se as instalações da Aerospace têm alguma conexão com OVNIs.

Pope disse:

“Existem teorias da conspiração sobre como a Força Espacial foi criada para combater alienígenas hostis.

Com o Congresso exigindo respostas sobre OVNIs e com a NASA realizando um estudo, certamente há mais interesse oficial do que já vimos.”

A NASA disse que quer aplicar rigor científico a uma questão irritante que tem sido uma fixação por gerações. Estudar OVNIs se encaixa na missão da agência de procurar sinais de vida além da Terra, desde estudar a água em Marte até explorar as luas de Saturno e Júpiter, disse a agência.

Thomas Zurbuchen, chefe da diretoria de missões científicas da NASA, informou em comunicado divulgado pelo The Washington Post:

“A NASA acredita que as ferramentas de descoberta científica são poderosas e se aplicam aqui também.

Temos as ferramentas e a equipe que podem nos ajudar a melhorar nossa compreensão do desconhecido. Essa é a própria definição do que é ciência. Isso é o que fazemos.”

Pope disse que outra conexão é o conselho de administração da Aerospace Corporation, que inclui muitas pessoas com experiência na comunidade de inteligência e militares.

David Norquist, um dos membros do conselho, era o vice-secretário de defesa quando a Força-Tarefa OVNI do Pentágono foi aprovada e estabelecida, segundo Pope.

A instalação do Colorado contratou 250 engenheiros, cientistas e analistas e é considerada “o ponto focal para fornecer conhecimento técnico em toda a empresa espacial para superar as ameaças à segurança nacional“.

Enquanto isso, os céus de Kyiv estão repletos de objetos voadores não identificados (OVNIs), de acordo com um novo relatório do Observatório Astronômico Principal da Academia Nacional de Ciências da Ucrânia.

Publicado no banco de dados de pré-impressão arXiv, o relatório – que ainda não foi revisado por pares – descreve as medidas recentes que os astrônomos ucranianos tomaram para monitorar objetos de baixa visibilidade e movimento rápido no céu diurno sobre Kyiv e as aldeias vizinhas.

Usando câmeras especialmente calibradas em duas estações meteorológicas em Kyiv e Vinarivka, uma vila a cerca de 120 quilômetros ao sul, os astrônomos observaram dezenas de objetos “que não podem ser cientificamente identificados como fenômenos naturais conhecidos“, disse o relatório.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares..

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Aerospace CorporationEUAguerra contra alienígenasguerra espacialOVNI HojeOVNIsUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.